sicnot

Perfil

Mundo

Google mostra imagens do antes e depois de maremoto de 2011 no Japão

O serviço de cartografia digital Street View do Google publicou hoje novas imagens que mostram toda a costa nordeste do Japão antes e depois do maremoto de março de 2011.

© Ints Kalnins / Reuters

A poucos dias do quinto aniversário da catástrofe, que causou mais de 18 mil mortos e desaparecidos e o pior acidente nuclear desde Chernobil (abril de 1986), a empresa norte-americana de serviços 'online' apresentou novas imagens digitais, a 360 graus, de 82 municípios da região.

As imagens mostram, entre outras localidades, a cidade de Onaga, na prefeitura de Miyagi, onde se está a elevar o solo, a diferentes níveis, como medida contra as ondas gigantes.

Nas fotografias de Namie, poucos quilómetros a sul da acidentada central nuclear de Fukushima Daiichi, é possível ver edifícios danificados e abandonados. A localidade foi completamente evacuada e as autoridades proibiram a entrada na zona depois do acidente nuclear.

"Esperamos que as fotos possibilitem a todos uma comparação entre o passado e presente nas áreas afetadas e uma reflexão sobre a recuperação da região", indicou Wakaba Ohkura da equipa Google Japão à cadeia pública japonesa NHK.

As imagens, obtidas pela Google logo após a catástrofe de 11 de março de 2011 e durante os trabalhos de reconstrução posteriores, fazem parte de um projeto criado no mesmo ano da tragédia para memória futura.

O projeto inicial, denominado "Mirai e no kioku" (recordações para o futuro), foi lançado pela empresa norte-americana em maio de 2011 para levar as pessoas a partilhar e comentar fotografias das áreas afetadas antes e depois do 'tsunami'.

Em julho do mesmo ano, a Google lançou um outro projeto para estabelecer um arquivo digital de imagens das zonas mais afetadas através do serviço Street View.

Lusa

  • Bernardo Silva no City? O que Pep Guardiola disse ao português na Champions
    0:34
  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57