sicnot

Perfil

Mundo

Líder norte-coreano visita fábrica relacionada com programa de mísseis

A imprensa norte-coreana mostrou hoje o líder do país, Kim Jong-un, a inspecionar uma fábrica que analistas consideram que produz peças relacionadas com o alegado programa de mísseis da Coreia do Norte.

© KCNA KCNA / Reuters

Kim Jong-un "deu valiosas instruções" aos trabalhadores da fábrica Thaesong em Pyongyang e "tomou as medidas necessárias para a modernização" das instalações, divulgou a agência de notícias norte-coreana KCNA.

O objetivo da visita, segundo a KCNA, foi "estabelecer, mediante a modernização da fábrica, um novo ponto de partida para o desenvolvimento da indústria de construção da maquinaria do país".

Embora a imprensa estatal não tenha feito menção ao setor militar, analistas na vizinha Coreia do Sul acreditam que esta fábrica produz peças relacionadas com o alegado programa de mísseis da Coreia do Norte.

Assim, consideram significativo que Kim Jong-un tenha visitado esta fábrica precisamente antes de os membros do Conselho de Segurança da ONU votarem novas sanções económicas ao regime norte-coreano.

As sanções visam punir as ambições nucleares e de mísseis de Pyongyang, depois de o Estado norte-coreano ter realizado, em janeiro e fevereiro, o seu quarto teste nuclear e o lançamento para o espaço de um foguete de longo alcance. Esta última ação é considerada pela comunidade internacional como um teste de mísseis encoberto que viola anteriores resoluções da ONU.

As novas sanções da ONU juntam-se a outras já impostas de forma unilateral pelos Estados Unidos, Coreia do Sul e Japão.

Lusa

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.