sicnot

Perfil

Mundo

Líder norte-coreano visita fábrica relacionada com programa de mísseis

A imprensa norte-coreana mostrou hoje o líder do país, Kim Jong-un, a inspecionar uma fábrica que analistas consideram que produz peças relacionadas com o alegado programa de mísseis da Coreia do Norte.

© KCNA KCNA / Reuters

Kim Jong-un "deu valiosas instruções" aos trabalhadores da fábrica Thaesong em Pyongyang e "tomou as medidas necessárias para a modernização" das instalações, divulgou a agência de notícias norte-coreana KCNA.

O objetivo da visita, segundo a KCNA, foi "estabelecer, mediante a modernização da fábrica, um novo ponto de partida para o desenvolvimento da indústria de construção da maquinaria do país".

Embora a imprensa estatal não tenha feito menção ao setor militar, analistas na vizinha Coreia do Sul acreditam que esta fábrica produz peças relacionadas com o alegado programa de mísseis da Coreia do Norte.

Assim, consideram significativo que Kim Jong-un tenha visitado esta fábrica precisamente antes de os membros do Conselho de Segurança da ONU votarem novas sanções económicas ao regime norte-coreano.

As sanções visam punir as ambições nucleares e de mísseis de Pyongyang, depois de o Estado norte-coreano ter realizado, em janeiro e fevereiro, o seu quarto teste nuclear e o lançamento para o espaço de um foguete de longo alcance. Esta última ação é considerada pela comunidade internacional como um teste de mísseis encoberto que viola anteriores resoluções da ONU.

As novas sanções da ONU juntam-se a outras já impostas de forma unilateral pelos Estados Unidos, Coreia do Sul e Japão.

Lusa

  • Sismo de 7,1 atinge o México

    Mundo

    Um sismo de magnitude 7,1 na escala de Richter abalou o sul do México e atingiu a capital. A notícia está a ser avançada pelas agências de notícias Reuters e a AP.

  • Enfermeiros dizem que suplemento de 150 € não é suficiente para acordo
    0:57

    País

    O Sindicato dos Enfermeiros diz que há um avanço nas negociações com o Governo. Esta terça-feira à tarde, uma delegação do Ministério das Finanças esteve numa reunião que decorreu no Ministério da Saúde. Apesar disso, o presidente do sindicato, José Azevedo, explicou à SIC que a proposta do executivo de pagar mais 150 euros aos enfermeiros especializados não é suficiente para chegarem a acordo.

  • Guterres condena onda de violência em Myanmar
    0:43
  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC