sicnot

Perfil

Mundo

Aquecimento global pode provocar 500 mil mortes adicionais até 2050

O aquecimento global pode provocar 500 mil mortes adicionais no mundo em 2050 devido às alterações na alimentação e peso das populações, impulsionada pela queda da produção agrícola, indicou o estudo hoje divulgado.

© Thomas Peter / Reuters

O estudo, divulgado na revista The Lancet, é o primeiro a avaliar o impacto das alterações climáticas na dieta e peso das populações e a estimar o número de mortos em 2050 em 155 países.

Até agora, os "vários estudos centraram-se na segurança alimentar, mas poucos estudaram os efeitos na saúde e produção agrícola", referiu Marco Springmann, da Universidade de Oxford (Reino Unido), que dirigiu o estudo.

O aquecimento global provoca, em particular, fenómenos climáticos extremos, como chuvas ou secas, com um impacto devastador na produção agrícola.

Se não forem tomadas medidas para reduzir as emissões de gases efeitos de estufa, as alterações climáticas podem reduzir em "cerca de um terço" a quantidade de comida disponível em 2050, referem os investigadores.

A nível individual, será em média uma redução de 3,2% da quantidade de alimentos disponíveis, de 4% no consumo de frutas e vegetais e de 0,7% da carne vermelha em relação a 2010, prevê o estudo.

"Aquelas mudanças podem ser responsáveis por cerca de 529.000 mortes adicionais em 2050", afirmou.

Num cenário sem alterações climáticas, o aumento do volume de alimentos e consumo poderia evitar 1,9 milhões de mortes.

"O nosso estudo mostra que mesmo uma queda modesta na quantidade de comida disponível por pessoa pode levar a mudanças no conteúdo energético e composição dos alimentos e que aquelas alterações vão ter consequências na saúde", disse Marco Springmann.

Os países mais afetados, segundo o estudo, são os de baixo rendimento, incluindo a região oeste do Pacífico e o sudeste asiático.

Lusa

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16
  • George H. Bush nos cuidados intensivos e mulher também hospitalizada

    Mundo

    O antigo Presidente dos Estados Unidos da América e a sua mulher estão hospitalizados em Houston, no Texas. George H. W. Bush foi admitido no sábado, devido a um problema respiratório derivado de pneumonia, enquanto Barbara Bush entrou esta quarta-feira no hospital, por sintomas de fadiga e tosse.

  • Nevão provocou corte de energia no centro dos EUA
    1:37

    Mundo

    Uma tempestade de neve no centro dos Estados Unidos da América provocou cortes no abastecimento de eletricidade, atrasos em voos e dificuldades na circulação rodoviária. Em Espanha, a descida das temperaturas levou à emissão de avisos em 30 províncias de norte a sul do país e deixou 27.700 alunos sem aulas em Valência.

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..