sicnot

Perfil

Mundo

Confrontos em manifestações pró e contra Lula da Silva

Galeria de fotos

Grupos de manifestantes de apoio e contra Lula da Silva entraram hoje em confrontos à porta da casa do ex-presidente brasileiro, em São Paulo.

© Paulo Whitaker / Reuters

© Paulo Whitaker / Reuters

© Paulo Whitaker / Reuters

© Paulo Whitaker / Reuters

© Paulo Whitaker / Reuters

© Paulo Whitaker / Reuters

© Paulo Whitaker / Reuters

Houve troca de insultos e agressões e a situação só acalmou com a intervenção da Polícia Militar e da Guarda Civil.

O grupo de apoiantes defende a inocência de Lula da Silva no âmbito da investigação Lava Jato. Já os detratores do ex-presidente acusam as autoridades de terem demorado demasiado tempo para deter e interrogar o ex-chefe de Estado.

Segundo o procurador responsável pela investigação, Lula da Silva terá recebido mais de 7 milhões de euros de grandes empresas brasileiras em troca de favores.

  • Fortes indícios de envolvimento de Lula e família no Lava Jato
    1:29

    Operação Lava Jato

    O procurador brasileiro diz que não há ninguém isento de investigação no Brasil e que há fortes indícios que envolvem Lula da Silva, a família e o Instituto Lula na operação Lava Jato. O ex-Presidente do Brasil foi convocado pela Polícia Federal para explicar o recebimento de favores indevidos e 7,2 milhões de euros (30 milhões de reais).

  • Lula interrogado, Dilma também poderá ser chamada em breve
    1:27

    Operação Lava Jato

    A correspondente da SIC no Brasil diz que a atual Presidente Dilma Roussef também poderá ser chamada em breve para depor no âmbito da investigação Lava Jato. A jornalista Ivani Flora acrescenta que a notícia da detenção de Lula da Silva para interrogatório não foi recebida com surpresa. O antigo presidente já prestou depoimento, entretanto.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • O que muda com a saída do Procedimento por Défice Excessivo?
    2:10
  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • Marcelo opta pelo silêncio sobre a eutanásia
    1:09

    Eutanásia

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que só tomará uma posição sobre a eutanásia quando o diploma chegar a Belém. O chefe de Estado garante que vai ficar em silêncio, para não condicionar o debate e também "para ficar de mãos livres para decidir".