sicnot

Perfil

Mundo

Lula da Silva na sede do PT após prestar depoimento

O depoimento do ex-Presidente brasileiro dado à Polícia Federal do Brasil no Aeroporto de Congonhas terminou por volta das 11:40 (14:40 em Lisboa) e Luiz Inácio "Lula" da Silva deslocou-se depois para a sede do seu partido.

© Ricardo Moraes / Reuters

Lula é investigado pela Operação Lava Jato, que apura a suposta obtenção de favores, doações e o pagamento de serviços de palestras que somam 7,2 milhões de euros (30 milhões de reais), alegadamente pagos por seis empresas ligadas ao escândalo de corrupção na petrolífera Petrobras entre 2011 e 2014.

Segundo disse à Agência Brasil o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP), as declarações de Lula foram prestadas a dois procuradores na presença de três advogados, entre eles Roberto Teixeira e Cristiano Zanin Martins.

O deputado disse que foram abordados diversos assuntos, como as palestras que o ex-presidente deu após deixar o Palácio do Planalto e a ligação com uma quinta em Atibaia.

A relação de Lula com um apartamento no Guarujá, no litoral de São Paulo, e os bens que recebeu nos dois mandatos como Presidente, que devem ser mantidos como acervo histórico, também foram tema das perguntas dos investigadores.

O ex-Presidente terá respondido a todos os questionamentos e protestado apenas contra o mandado de condução coerciva expedido contra si.

"Ele registrou que já atendeu a inúmeras intimações da Polícia Federal e do Ministério Público, que passam de dez, e, portanto, não precisava dessa violência", contou Teixeira.

De manhã, diretores do Partido dos Trabalhadores (PT) convocaram uma reunião de emergência para discutir reações à 24.ª fase Operação Lava Jato, que teve como alvo o ex-Presidente do Brasil.

O partido também critou na sua conta oficial na rede social Twitter a 'hashtag' #lulapresopolitico não podemos deixar barato. Precisamos todos reagir. Agora!".

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi o deputado eleito pelo círculo de Braga. Agora vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Esta saída pode colocar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.