sicnot

Perfil

Mundo

Presidente brasileira convoca reunião de emergência após detenção de Lula da Silva

A Presidente brasileira, Dilma Rousseff, reuniu-se hoje, em Brasília, com vários ministros da área política, no seguimento da detenção para depoimento do ex-Presidente Lula da Silva, no âmbito da Operação Lava Jato.

© Ueslei Marcelino / Reuters

A chefe de Estado brasileira reuniu-se, ao início da manhã, no Palácio do Planalto, com os ministros da Casa Civil, Jaques Wagner, da Secretaria de Governo da Presidência, Ricardo Berzoini, da Justiça, Wellington César, da Advocacia-Geral da União, José Eduardo Cardozo, e da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva.

O encontro com os ministros não constava da agenda oficial da Presidente e o Palácio do Planalto não divulgou o motivo da reunião, escreve a Agência Brasil, segundo a qual a reunião já terminou.

De acordo com a imprensa local, o encontro aconteceu na sequência da 24.ª fase da Operação Lava Jato, realizada esta manhã pela Polícia Federal e que está ligada ao caso de alegada corrupção na Petrobras.

Durante a manhã, o ex-Presidente Lula da Silva foi levado para depor nas instalações policiais do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e a polícia realizou buscas ao seu apartamento, ao do seu filho Fabio Luiz Lula da Silva e à sede do Instituto Lula.

O ex-Presidente foi convocado pela Polícia Federal para explicar o recebimento de favores indevidos e o montante de 7,2 milhões de euros (30 milhões de reais), destinados às empresas dele por construtoras investigadas na operação Lava Jato.

A assessoria da Presidência da República ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso.

Também na quinta-feira, a líder brasileira convocou uma reunião extra com os ministros José Eduardo Cardozo e Jaques Wagner, depois da divulgação da notícia de que o senador Delcídio do Amaral teria feito um acordo de depoimento em troca de redução da pena com o Ministério Público, em que comprometia Dilma Rousseff e Lula da Silva.

Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, até ao final de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano vão ser contratados novos assistentes de bordo, mas o sindicato diz que não chega.

  • "Um ataque e uma humilhação contra o povo catalão"
    1:35