sicnot

Perfil

Mundo

EUA exigem "ação imediata" contra abusos sexuais perpetrados por capacetes azuis

O Governo norte-americano exigiu hoje uma "ação imediata e efetiva", depois de a ONU ter anunciado que em 2015 recebeu 69 queixas de abuso sexual perpetrado por capacetes azuis de 21 países.

(Arquivo)

(Arquivo)

Reuters

"Aqueles atos indignos são persistentes e generalizados e requerem uma ação imediata e eficaz", afirmou o porta-voz do Departamento de Estado, John Kirby, em conferência de imprensa.

Kirby qualificou como "preocupante" o relatório do secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, divulgado hoje, que refere que em 2015 existiram 99 denúncias de abusos sexuais contra funcionários das Nações Unidas.

Das 99 denúncias, 30 foram feitas contra funcionários das agências da ONU e 69 contra capacetes azuis.

"Apesar de o secretário-geral da ONU ter dado passos importantes para a responsabilização de quem cometeu aqueles crimes, falta muito por fazer tanto pelos líderes das Nações Unidas, como pelos países que contribuem com tropas e polícias", afirmou.

"Para dizer de maneira franca e clara, é absolutamente inaceitável explorar e abusar de pessoas vulneráveis que a ONU deve proteger e ajudar", concluiu.

Lusa

  • Com quem jogam as equipas portuguesas na Europa?

    Desporto

    FC Porto, Sporting e SC Braga conhecem hoje os próximos adversários nas competições europeias. Acompanhamos aqui os sorteios da Liga dos Campeões e da Liga Europa numa emissão especial da SIC Notícias.

    Direto

  • Derrocada em São Pedro de Moel coloca habitações em risco
    2:13