sicnot

Perfil

Mundo

Daesh reivindica atentado suicida ao sul de Bagdade que fez 60 mortos

O Daesh já reivindicou o ataque suicida que hoje fez pelo menos 60 mortos e mais de 70 feridos a sul de Bagdade..

(Arquivo)

(Arquivo)

O atentado aconteceu num posto de controlo em Hilla. Um bombista suicida conduziu um camião carregado de explosivos até ao local, a 80 quilómetros a sul de Bagdade e depois detonou-os.

Este é o ataque mais grave do ano no Iraque. A explosão provocou danos em vários veículos, habitações e destruiu por completo o posto de controlo, onde normalmente se registam longas filas. Hilla é a capital da província de Babylon, uma região predominantemente xiita.

Reivindicação em comunicado

Num comunicado divulgado nas redes sociais, o Daesh afirma que um suicida, identificado como Abu Islam al-Ansari, fez explodir um camião armadilhado junto a um controlo rodoviário nos arredores da cidade de Hilla.

"Os Rafida (designação pejorativa dos muçulmanos xiitas) devem compreender que a batalha apenas começou e que o pior está para vir", refere o comunicado.

Organização extremista sunita, o Daesh tem realizado numerosos atentados contra os xiitas que considera hereges.

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • Parlamento debate uso de animais no circo: as posições do PCP, Bloco e PAN
    2:03

    País

    O Parlamento discute na próxima quinta-feira três projetos de lei sobre a utilização de animais no circo. O PCP quer ver reforçada da proteção dos animais utilizados nos circos, o Bloco de Esquerda quer proibir a utilização de animais selvagens e o PAN o fim da utilização de todos os animais neste tipo de espetáculos.