sicnot

Perfil

Mundo

Irão condena à morte empresário Babak Zanjani por corrupção

O empresário iraniano Babak Zanjani foi condenado à morte por corrupção, informou hoje o porta-voz da autoridade judiciária, Gholamhossein Mohseni-Ejeie, citado pela imprensa.

© Reuters Photographer / Reuter

Detido em dezembro de 2013, o milionário Babak Zanjani foi acusado de desviar 2,8 mil milhões de dólares em transações de petróleo ilegais, contornando as sanções internacionais que foram impostas ao Irão.

"O veredicto do julgamento de Babak Zanjani e de outros dois acusados foi pronunciado. Eles foram considerados culpados de corrupção [...] e condenados à morte", afirmou Mohseni-Ejeie.

Foram ainda condenados a ressarcir a Companhia Nacional Iraniana de Petróleo e pagar uma multa equivalente a "um quarto do montante da lavagem de dinheiro", adiantou o porta-voz da autoridade judiciária.

Babal Zanjani pode recorrer do veredicto.

Com 41 anos, Babal Zanjani é um influente empresário, dono de muitas empresas, incluindo uma companhia aérea, que estão confiscadas.

A sua prisão ocorreu depois da ordem dada pelo Presidente iraniano, Hassan Rohani, ao seu Governo para lutar contra a "corrupção [...] em particular daqueles que tiram proveito das sanções económicas".

No julgamento que durou vários meses e foi realizado em público, um procedimento raro, o empresário explicou que, sob o Governo do ex-presidente conservador Mahmoud Ahmadinejad, o Ministério do Petróleo pediu a sua ajuda para repatriar o dinheiro do petróleo vendido no exterior.

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Donald Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Encontrados dez sobreviventes no hotel engolido por um avalanche em Itália
    1:44
  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.