sicnot

Perfil

Mundo

Cantor Morrissey pondera candidatura à câmara de Londres

O cantor e compositor britânico Morrissey está a considerar "seriamente" a possibilidade de vir a candidatar-se à presidência da câmara de Londres pelo Partido do Bem-Estar Animal, divulgou hoje na sua página oficial na Internet.

© Mark Makela / Reuters

Numa mensagem, o ex-vocalista do grupo The Smiths, de 56 anos, declarou a sua intenção de lutar "contra a infernal e arcaica injustiça social a que estão sujeitos os animais".

Steven Patrick Morrissey, conhecido simplesmente como Morrissey, tem sido ao longo dos anos um fervoroso ativista dos direitos dos animais, bem como um defensor da alimentação vegetariana.

"Não podemos ficar simplesmente sentados e esperar que aqueles que estão no poder se preocupem. Não podemos permitir que o desastre hipócrita da agricultura animal continue para sempre, porque o seu impacto é infernal", prosseguiu o cantor.

A líder do Partido do Bem-Estar Animal, Vanessa Hudson, afirmou, em declarações à estação britânica pública BBC, esperar ver "uma campanha eleitoral para a câmara que inclua o ponto de vista de um candidato que deseje fazer de Londres uma cidade pioneira no mundo para as pessoas, mas também para os animais".

Para 05 de maio deste ano estão agendadas as eleições locais que vão eleger o sucessor do atual 'mayor' (presidente da câmara) de Londres, o conservador Boris Johnson, que não vai concorrer a um terceiro mandato.

Os potenciais rivais de Morrissey na corrida à câmara de Londres são o conservador Zac Goldsmith, de 41 anos, filho do milionário James Goldsmith, e o trabalhista Sadiq Khan, de 45 anos, de ascendência paquistanesa.

Para ser candidato, Morrissey, natural de Manchester (norte de Inglaterra), deve estar registado como eleitor em Londres ou provar que vive ou trabalha na capital britânica há pelo menos 12 meses seguidos.

Os candidatos devem recolher igualmente as assinaturas de pelo menos 10 eleitores de cada um dos distritos de Londres antes do fim de março e pagar um depósito de 10.000 libras (12.900 euros).

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.