sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Sul e EUA iniciam as suas maiores manobras militares conjuntas

A Coreia do Sul e os Estados Unidos iniciaram hoje aquelas que serão as suas maiores manobras militares conjuntas até à data num clima de grande tensão, depois de a Coreia do Norte ter ameaçado realizar "ataques preventivos".

Arquivo

Arquivo

© Kim Hong-Ji / Reuters

Os exercícios anuais Key Resolve e Foal Eagle, orientados para coordenar a defesa de Seul e Washington, face a um eventual conflito com a Coreia do Norte, começaram ao início do dia e prolongar-se-ão até 18 de março e 30 de abril, respetivamente, anunciaram as forças dos Estados Unidos na Coreia do Sul, em comunicado.

Os exercícios deste ano estão marcados pelas ameaças do regime de Kim Jong-un, que prometeu hoje responder com "ataques preventivos".

Nas manobras militares conjuntas deste ano, em território sul-coreano, vão participar cerca de 17 mil soldados norte-americanos, segundo o comunicado.

Ambas as manobras serão as de maior escala levadas a cabo até à data na península coreana, segundo indicaram as autoridades de Seul e Washington, e vão envolver também mais de 300 mil militares sul-coreanos.

Os Estados Unidos mantêm 28.500 militares na Coreia do Sul de forma permanente e comprometem-se a defender o seu aliado de um eventual ataque por parte do Norte como legado da Guerra da Coreia.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.