sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Sul e EUA iniciam as suas maiores manobras militares conjuntas

A Coreia do Sul e os Estados Unidos iniciaram hoje aquelas que serão as suas maiores manobras militares conjuntas até à data num clima de grande tensão, depois de a Coreia do Norte ter ameaçado realizar "ataques preventivos".

Arquivo

Arquivo

© Kim Hong-Ji / Reuters

Os exercícios anuais Key Resolve e Foal Eagle, orientados para coordenar a defesa de Seul e Washington, face a um eventual conflito com a Coreia do Norte, começaram ao início do dia e prolongar-se-ão até 18 de março e 30 de abril, respetivamente, anunciaram as forças dos Estados Unidos na Coreia do Sul, em comunicado.

Os exercícios deste ano estão marcados pelas ameaças do regime de Kim Jong-un, que prometeu hoje responder com "ataques preventivos".

Nas manobras militares conjuntas deste ano, em território sul-coreano, vão participar cerca de 17 mil soldados norte-americanos, segundo o comunicado.

Ambas as manobras serão as de maior escala levadas a cabo até à data na península coreana, segundo indicaram as autoridades de Seul e Washington, e vão envolver também mais de 300 mil militares sul-coreanos.

Os Estados Unidos mantêm 28.500 militares na Coreia do Sul de forma permanente e comprometem-se a defender o seu aliado de um eventual ataque por parte do Norte como legado da Guerra da Coreia.

Lusa

  • Trump diz que vai continuar a "ocupar-se" de Cuba

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse esta quinta-feira que vai continuar a "ocupar-se" de Cuba, após a eleição de Miguel Díaz-Canel como sucessor de Raúl Castro na presidência do país.

  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC