sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Sul e EUA iniciam as suas maiores manobras militares conjuntas

A Coreia do Sul e os Estados Unidos iniciaram hoje aquelas que serão as suas maiores manobras militares conjuntas até à data num clima de grande tensão, depois de a Coreia do Norte ter ameaçado realizar "ataques preventivos".

Arquivo

Arquivo

© Kim Hong-Ji / Reuters

Os exercícios anuais Key Resolve e Foal Eagle, orientados para coordenar a defesa de Seul e Washington, face a um eventual conflito com a Coreia do Norte, começaram ao início do dia e prolongar-se-ão até 18 de março e 30 de abril, respetivamente, anunciaram as forças dos Estados Unidos na Coreia do Sul, em comunicado.

Os exercícios deste ano estão marcados pelas ameaças do regime de Kim Jong-un, que prometeu hoje responder com "ataques preventivos".

Nas manobras militares conjuntas deste ano, em território sul-coreano, vão participar cerca de 17 mil soldados norte-americanos, segundo o comunicado.

Ambas as manobras serão as de maior escala levadas a cabo até à data na península coreana, segundo indicaram as autoridades de Seul e Washington, e vão envolver também mais de 300 mil militares sul-coreanos.

Os Estados Unidos mantêm 28.500 militares na Coreia do Sul de forma permanente e comprometem-se a defender o seu aliado de um eventual ataque por parte do Norte como legado da Guerra da Coreia.

Lusa

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras

  • Greve na Função Pública vai afetar escolas, saúde e cultura

    País

    A greve nacional convocada para sexta-feira pela Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSTFPS) deverá afetar as escolas, a área da saúde e ainda da cultura, entre outros serviços, afirmou esta quarta-feira a dirigente sindical, Ana Avoila.

  • Marcelo comenta comparação de Centeno a Ronaldo

    País

    O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, comentou esta quarta-feira a comparação que o ministro das Finanças alemão terá feito entre Mário Centeno e Ronaldo, considerando que "quem quer que disse isso, por uma vez não pensou mal".