sicnot

Perfil

Mundo

Amnistia Internacional condena acordo UE-Turquia para refugiados por desumanidade

A Amnistia Internacional (AI) criticou hoje o princípio de acordo entre a União Europeia (UE) e a Turquia para travar o fluxo para a Europa dos imigrantes ilegais e refugiados, considerando-o desumano e com "defeitos morais e legais".

reuters

A organização referiu num comunicado que a "preocupação constante" de enviar as pessoas de volta para a Turquia em vez de "fazer esforços incondicionais sobre a deslocalização" e oferecer outras formas seguras e legais para estes chegarem à Europa mostra uma atitude "alarmante e míope" por parte das autoridades europeias.

Os líderes da UE e da Turquia estão engajados numa "negociação isolada dos direitos e da dignidade de algumas das pessoas mais vulneráveis do mundo", acusou a diretora da AI junto das instituições europeias, Iverna McGowan.

As condições do princípio de acordo entre a UE e a Turquia, segundo Iverna McGowan, é "perigosamente desumana" e também "não oferece solução sustentável a longo prazo" para enfrentar a crise.

Ancara pediu um compromisso dos 28 para que recebam um refugiado por cada migrante que seja admitido na Turquia.

A AI disse não acreditar que a Turquia possa ser considerado como "um país seguro" devido ao tratamento dados aos refugiados", já que "já devolveram refugiados à Síria" e o país "não conta com um sistema de asilo em pleno funcionamento".

"Muitos refugiados na Turquia vivem em condições terríveis, sem uma casa adequada e centenas de milhares de crianças refugiadas não podem frequentar uma educação formal", afirmou a diretora.

A AI qualificou a proposta como uma burla à obrigação da UE de proporcionar acesso ao asilo nas suas fronteiras, manifestando que qualquer sistema de retorno que não se baseie no princípio do direito individual a um procedimento de asilo justo é "muito problemático".

A organização também alertou que com o encerramento da rota dos Balcãs Ocidentais, milhares de pessoas estão a ser "deixadas ao frio" e que não há um plano claro sobre como lidar com "as necessidades humanitárias urgentes e os direitos à proteção internacional" dessas pessoas.

No que diz respeito aos requerentes de asilo que não são da Síria, a Amnistia Internacional disse que não ficou claro como serão garantido os seus direitos no contexto de um possível sistema de retorno em grande escala.

  • Acidente durante funeral em Miranda do Corvo causa 12 feridos
    2:39

    País

    Um acidente na zona de Miranda do Corvo fez esta terça-feira 12 feridos, um em estado grave. Foi durante um funeral, quando falharam os travões a um dos carros que seguia no cortejo, como explicou, em direto do local, o repórter Miguel Ângelo Marques.

  • Instalações militares vão ter reforço de segurança
    0:52

    Assalto em Tancos

    Depois do caso do roubo de material em Tancos, várias instalações militares vão sofrer um reforço de segurança do material que armazenam. As conclusões sobre o furto dos paióis de Tancos serviram de base às medidas anunciadas esta terça-feira pelo Ministério da Defesa. 

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Os elevadores do futuro
    7:13
  • Demências afetam 50 milhões de pessoas
    2:23

    Mundo

    Cinquenta milhões de pessoas em todo o mundo e mais de 150 mil em Portugal sofrem de demências como o Alzheimer ou o Parkinson. Oitenta especialistas de 21 países reúnem-se esta semana na Fundação Champalimau, em Lisboa, para falar deste tipo de epidemia silenciosa.

  • Maria deixa 25 mil pessoas sem eletricidade em Guadalupe
    2:24
  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC