sicnot

Perfil

Mundo

Astronauta cresce 4 cm no espaço mas encolhe na Terra

Scott Kelly esteve 340 dias no espaço, o que lhe valeu 3,81 centimetros. Mas desengane-se se pensa que esta é a solução para crescer nas alturas. Scott já voltou ao que era.

Astronautas Mark Kelly, à esquerda, e Scott Kelly, à direita

Astronautas Mark Kelly, à esquerda, e Scott Kelly, à direita

© MAXIM ZMEYEV / Reuters

A microgravidade tem destas coisas e a comprová-lo está Scott Kelly. Astronauta norte-americano esteve 340 dias na Estação Espacial Internacional, deu 5.440 voltas à terra e cresceu 3,81 cm.

Enquanto isso, o seu irmão gémeo Mark, também astronauta, manteve-se agarrado à Terra e ficou na mesma.

Esta comparação não se faz por acaso. Ambos acordaram ser "cobaias" num estudo, que vai durar dois anos, sobre o impacto psicológico e fisiológico de uma longa viagem no espaço, sobre o corpo humano.

"A gravidade encarregou-se de coloca-lo no seu lugar", brincou o irmão Mark. Scott voltou ao normal alguns dias depois.

Agora o desafio dos especialistas é entender estas mudanças.

  • Hospitais vão ser penalizados se não cumprirem tempos de espera
    2:37

    País

    O Ministério da Saúde vai penalizar os hospitais que não cumprem os tempos de espera nas urgências e que tenham taxas elevadas de cesarianas. O novo modelo de financiamento prevê ainda linhas de financiamento próprio para a obesidade e rastreios do cancro do cólon e do colo do útero.

  • Assédio, até onde vai a tolerância?
    35:26