sicnot

Perfil

Mundo

OMS aconselha grávidas a não viajarem para zonas afetadas pelo vírus Zika

A Organização Mundial de Saúde aconselhou hoje as grávidas a não viajarem para zonas afetadas pelo vírus Zika, sublinhando que esta advertência surge num contexto de provas cada vez mais conclusivas de que o Zika provoca malformações fetais.

© Jaime Saldarriaga / Reuters

"As mulheres grávidas devem ser aconselhadas a não viajar para zonas onde há focos do vírus Zika", indicou a agência especializada das Nações Unidas num comunicado emitido depois de uma reunião da comissão de emergência sobre um foco de infeção.

Numa conferência de imprensa, a diretora-geral da OMS, Margaret Chan, pediu hoje aos países para adotarem "fortes medidas de saúde pública" para travar o avanço do Zika, sem esperar que se comprove cientificamente a relação entre o vírus e malformações congénitas.

Segundo a responsável, multiplicaram-se recentemente "informações alarmantes" que reforçam a suspeita de relação entre o Zika e os casos de microcefalia em recém-nascidos e doenças neurológicas em adultos.

Lusa

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Temperaturas negativas em várias zonas do país nos próximos dias
    1:57

    País

    O frio vai começar a fazer-se sentir nos próximos dias com as temperaturas a descerem para valores negativos em várias zonas do país. Em Lisboa, cinco estações de metro vão estar abertas durante a noite para albergar os sem-abrigo que também vão receber agasalhos e refeições quentes.

  • Medalha idêntica à de Anne Frank encontrada em campo nazi

    Mundo

    Um grupo de investigadores encontrou uma medalha praticamente igual à de Anne Frank, nas escavações ao campo nazi de extermínio Sobibor, na Polónia. Os especialistas do Memorial do Holocausto Yad Vashem em Israel acreditam que a medalha pertencia a Karoline Cohn, que pode ter conhecido Anne Frank.