sicnot

Perfil

Mundo

OMS aconselha grávidas a não viajarem para zonas afetadas pelo vírus Zika

A Organização Mundial de Saúde aconselhou hoje as grávidas a não viajarem para zonas afetadas pelo vírus Zika, sublinhando que esta advertência surge num contexto de provas cada vez mais conclusivas de que o Zika provoca malformações fetais.

© Jaime Saldarriaga / Reuters

"As mulheres grávidas devem ser aconselhadas a não viajar para zonas onde há focos do vírus Zika", indicou a agência especializada das Nações Unidas num comunicado emitido depois de uma reunião da comissão de emergência sobre um foco de infeção.

Numa conferência de imprensa, a diretora-geral da OMS, Margaret Chan, pediu hoje aos países para adotarem "fortes medidas de saúde pública" para travar o avanço do Zika, sem esperar que se comprove cientificamente a relação entre o vírus e malformações congénitas.

Segundo a responsável, multiplicaram-se recentemente "informações alarmantes" que reforçam a suspeita de relação entre o Zika e os casos de microcefalia em recém-nascidos e doenças neurológicas em adultos.

Lusa

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC