sicnot

Perfil

Mundo

Duas turcas acusadas de incitar homem ao suicídio

Duas mulheres turcas foram consideradas culpadas por um tribunal de Istambul de terem "incitado" um homem a atirar-se de uma ponte.

© Murad Sezer / Reuters

O homem bloqueava a circulação numa ponte sobre o Bósforo, ao hesitar saltar. "Estamos aqui há horas por tua causa. Anda lá, salta!", disseram-lhe as duas mulheres.

Erol Cetin, de 45 anos, atirou-se a seguir de uma altura de 64 metros, noticiou o canal de televisão CNN-Turk. O seu corpo foi retirado sem vida das águas do Bósforo pelas autoridades.

A polícia deteve de imediato as duas apressadas senhoras, de 49 e 27 anos, acusando-as de terem precipitado o suicídio.

O homem estava "quase a ser convencido" a não se atirar, segundo a equipa de especialistas de prevenção do suicídio que estava no local.

As mulheres foram detidas e o tribunal decidiu pela liberdade provisória enquanto aguardam pelo julgamento.

  • Fogo em Sabrosa entrou em fase de resolução

    País

    O incêndio que deflagrou terça-feira em Vilela do Douro, Sabrosa, distrito de Vila Real, entrou a meio da manhã de hoje em fase de resolução, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

  • Governo garante reforço das verbas para defesa da floresta até ao fim do ano
    2:37

    País

    O Governo rejeitou centenas de candidaturas com projetos para a prevenção de incêndios florestais, por falta de verbas. Perante a situação, o Bloco de Esquerda questionou o Ministério da Agricultura sobre as reprovações. Contudo, contactado pela SIC, o ministro Capoulas Santos garantiu que o programa de desenvolvimento rural está a ser reajustado e, até ao final do ano, está previsto o reforço de verbas.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.