sicnot

Perfil

Mundo

Eurodeputado grego expulso por comentário xenófobo sobre turcos

O presidente do Parlamento Europeu (PE), Martin Schulz, expulsou hoje do hemiciclo o eurodeputado grego do partido de extrema-direita Aurora Dourada Eleftherios Synadinos devido a um comentário xenófobo durante o debate sobre o pré-acordo migratório com a Turquia.

PATRICK SEEGER

Antes do início das votações do meio-dia, o presidente do PE citou a intervenção de Synadinos durante o plenário.

"Como muitos cientistas têm dito, os turcos são bárbaros, são sujos, são os que ao lutar contra o inimigo lutam sem princípios. A firmeza e o punho são a arma", foi a declaração do eurodeputado grego citada por Schulz.

O presidente do PE disse que perante aquele comentário o parlamento "tinha de reagir" porque ele "contraria" o seu "regulamento interno e os valores da União Europeia".

"Como medida imediata tomou-se uma decisão de princípio, porque se ultrapassam sistematicamente os limites para acomodar o racismo e comigo isso não será possível", afirmou Schulz, avisando Synadinos que vai continuar o processo interno devido à sua atitude.

Lusa

  • Corrida à Agência Europeia Medicamento "não é fácil", admite Costa
    0:50

    Brexit

    António Costa confirmou a apresentação da candidatura para a transferência da agência europeia do medicamento de Londres para Portugal. À margem da cimeira extraordinário sobre o Brexit, o primeiro-ministro salientou a importância da instalação do instituto no país para reforçar a competitividade no setor