sicnot

Perfil

Mundo

Nicolás Maduro reitera que não o afastarão da presidência da Venezuela

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, minimizou esta quarta-feira o anúncio da oposição, em maioria no parlamento, de que vai acionar mecanismos para o afastar do poder, sublinhando que "Maduro é o povo".

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

"Maduro é o povo e é revolução. Que parte disso não entenderam?", disse, no palácio presidencial de Miraflores, em Caracas, à margem de um encontro com milhares de mulheres que com uma marcha até ao local celebraram o Dia Internacional da Mulher e manifestaram apoio à revolução bolivariana e ao Governo de Nicolas Maduro.

"Deixem a MUD (Mesa de Unidade Democrática, que junta a oposição ao Governo no parlamento) com as suas loucuras e obsessões, que com uma mão os paramos e os denunciamos e com a outra (vamos) trabalhar", disse.

Segundo o Chefe de Estado, se os opositores "cruzarem a linha vão encontrar um povo com consciência clara".

"E eu (estarei) à frente, confrontando qualquer tentativa de desestabilizar o nosso país", disse.

A oposição venezuelana, maioritária no parlamento, anunciou na terça-feira, durante uma conferência de imprensa em Caracas, que vai lançar um "processo" para a realização de um referendo de revogação do mandato presidencial de Nicolás Maduro.

"Afastar Maduro é um passo, o nosso objetivo é construir uma Venezuela unida", disse Jesus Chuo Torrealba, secretário executivo da MUD, acrescentando que a oposição vai avançar ainda com uma reforma constitucional para reduzir a duração do mandado presidencial de seis para quatro anos.

A oposição apelou ainda aos venezuelanos para se mobilizarem e pedirem a demissão de Nicolás Maduro.

Lusa

  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • IPSS despejada nos Açores
    2:25

    País

    A IPSS Aurora Social, de Ponta Delgada, nos Açores, foi notificada pelo tribunal a abandonar a cozinha onde, há mais de 20 anos, fornece comida a quem mais precisa. A decisão judicial partiu de uma queixa dos moradores e põe em causa os postos de trabalho de 13 funcionárias, a maioria com deficiência. Há dois anos que a Secretaria Regional de Solidariedade Social dos Açores tenta encontrar uma alternativa à cozinha, que tem licença da câmara.

  • Pais revoltados com transporte de crianças do Mogadouro
    4:14

    País

    Os pais dos alunos de algumas aldeias de Mogadouro estão preocupados com a falta de segurança do transporte dos filhos para a escola, na sede de concelho. Os pais contestam o autocarro degradado, que avaria com frequência, e a falta de cintos de segurança em percursos rurais com dezenas de quilómetros.

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15
  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.