sicnot

Perfil

Mundo

Nicolás Maduro reitera que não o afastarão da presidência da Venezuela

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, minimizou esta quarta-feira o anúncio da oposição, em maioria no parlamento, de que vai acionar mecanismos para o afastar do poder, sublinhando que "Maduro é o povo".

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

"Maduro é o povo e é revolução. Que parte disso não entenderam?", disse, no palácio presidencial de Miraflores, em Caracas, à margem de um encontro com milhares de mulheres que com uma marcha até ao local celebraram o Dia Internacional da Mulher e manifestaram apoio à revolução bolivariana e ao Governo de Nicolas Maduro.

"Deixem a MUD (Mesa de Unidade Democrática, que junta a oposição ao Governo no parlamento) com as suas loucuras e obsessões, que com uma mão os paramos e os denunciamos e com a outra (vamos) trabalhar", disse.

Segundo o Chefe de Estado, se os opositores "cruzarem a linha vão encontrar um povo com consciência clara".

"E eu (estarei) à frente, confrontando qualquer tentativa de desestabilizar o nosso país", disse.

A oposição venezuelana, maioritária no parlamento, anunciou na terça-feira, durante uma conferência de imprensa em Caracas, que vai lançar um "processo" para a realização de um referendo de revogação do mandato presidencial de Nicolás Maduro.

"Afastar Maduro é um passo, o nosso objetivo é construir uma Venezuela unida", disse Jesus Chuo Torrealba, secretário executivo da MUD, acrescentando que a oposição vai avançar ainda com uma reforma constitucional para reduzir a duração do mandado presidencial de seis para quatro anos.

A oposição apelou ainda aos venezuelanos para se mobilizarem e pedirem a demissão de Nicolás Maduro.

Lusa

  • Cientistas testam útero artificial em cordeiros prematuros

    Mundo

    Um grupo de cientistas desenvolveu um útero artificial - o Biobag - que se assemelha a uma bolsa de plástico e que ajuda no desenvolvimento de cordeiros prematuros. O método foi testado nestes animais mas os cientistas do Hospital Pediátrico de Filadélfia, nos Estados Unidos, garantem que poderá vir a ser utilizado também em bebés que nascem prematuros.

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.