sicnot

Perfil

Mundo

Presidente da Colômbia diz recusar assinar "mau acordo" de paz com as FARC

O Presidente colombiano, Juan Manuel Santos, afirmou hoje que não concluirá a paz com a guerrilha das FARC em 23 de março, data limite fixada pelas duas partes, se tiver de assinar um "mau acordo".

Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos.

Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos.

© John Vizcaino / Reuters

"Caso não alcancemos um bom acordo no dia 23 [de março], vou propor à outra parte para fixar uma nova data porque não respeitarei uma data com um mau acordo", declarou o chefe de Estado durante uma visita a Pereira, oeste da Colômbia.

Em setembro, Governo e guerrilha apontaram 23 de março como data limite para a assinatura do acordo de paz, na sequência do processo de paz iniciado em novembro de 2012 em Havana, com mediação de Noruega e Cuba.

Entre os temas que permanecem por solucionar inclui-se o cessar-fogo bilateral e definitivo, o abandono das armas e a concentração dos guerrilheiros para a sua desmobilização.

Lusa

  • AR começa hoje a votar OE e mais de 600 alterações dos partidos

    Orçamento do Estado 2018

    Entre os temas que deverão marcar os próximos dias de debate e das votações relativas à proposta orçamental de 2018, cuja votação final global será na segunda-feira, estão as medidas relacionadas com os incêndios, as alterações ao regime simplificado de IRS, as carreiras na função pública (e em especial a dos professores) e as cativações de despesa.

  • 10 Minutos com Alexandra Simeão: as mudanças em Angola
    10:37
  • "Estamos vivos"
    11:41
  • Notas e moedas têm os dias contados?
    6:27