sicnot

Perfil

Mundo

Deputadas iranianas apresentam queixa contra deputado que as considerou ignorantes

Deputadas iranianas apresentaram uma queixa contra um colega masculino que considerou que no parlamento não há lugar para "ignorantes e mulheres", referiram hoje os "media" em Teerão.

Parlamento iraniano.

Parlamento iraniano.

© Raheb Homavandi / Reuters

Um vídeo mostra um novo deputado conservador, Neder Ghazipour, eleito por d'Ouroumiyeh (noroeste), a pronunciar estas palavras durante um comício eleitoral em fevereiro, e que foi amplamente difundido e comentado nas redes sociais.

"O parlamento não é um lugar para (...) ignorantes e mulheres", disse no discurso, acrescentando ainda comentários deselegantes dirigidos às mulheres.

Diversas deputadas iranianas, juntamente com colegas masculinos, apresentaram uma queixa junto do procurador-geral, da comissão parlamentar de vigilância, do presidente cessante do parlamento, Ali Larijani, e ainda a Fatemeh Rahbar, presidente do grupo das eleitas para o hemiciclo, referiu a agência noticiosa oficial Irna.

"Ghazipour acusou as mulheres e deve ser considerado responsável", indicou Rahbar, do campo conservador, em declarações à Irna. Ao jornal reformador Sharg declarou que as suas declarações constituem "não apenas um insulto às mulheres, mas a todo o parlamento".

Perante as ameaças de um processo, o deputado turcófono limitou-se a referir que não pretendia referir-se "a todas as mulheres".

Na rede social Telegram foi iniciada uma campanha para exigir que o novo eleito por d'Ouroumiyeh, que inicia as suas funções em maio, seja impedido de assumir funções no parlamento.

Atualmente existem nove mulheres entre os 290 lugares no parlamento, mas serão pelo menos 14 na próxima assembleia eleita nas legislativas de 26 de fevereiro. Em abril, está prevista uma segunda volta para preencher os 69 lugares ainda sem representante.

Perante o grande desequilíbrio num país onde 50,4% dos 79 milhões de habitantes são mulheres, militantes da causa feminista organizaram antes das eleições uma campanha designada "Mudar a face masculina do parlamento".

Lusa

  • "Há uma grande diferença em relação à anterior liderança do PSD"
    14:29

    País

    O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, esteve esta quarta-feira na Edição da Noite da SIC Notícias. As novas relações com o PSD e a reprogramação do Portugal 2020 foram alguns dos temas de conversa. Pedro Marques defende que existe "uma grande diferença" entre as lideranças de Passos Coelho e Rui Rio no PSD.

    Entrevista SIC Notícias

  • Dia de homenagens e muito futebol para Marcelo em São Tomé
    3:01

    País

    No segundo dia da visita de Estado a São Tomé e Príncipe, o Presidente da República prestou homenagem às vítimas do massacre de Batepá, em 1953. Marcelo Rebelo de Sousa não pediu desculpa pela história, mas lembrou que é preciso assumir as coisas menos boas do passado. O dia terminou com o Presidente a mostrar que ainda está em forma.

    Enviados SIC

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • Casal mantinha filhos trancados sem comida

    Mundo

    Se pensava que só existia uma casa dos horrores, a da família Turpin, desengane-se. A polícia de Tucson, no estado norte-americano do Arizona, deteve na terça-feira um casal que mantinha os quatro filhos adotivos trancados em quartos separados.

    SIC

  • Pigcasso, a porca pintora que tem uma galeria de arte

    Mundo

    O nome sugere o talento da artista que vive na Cidade do Cabo, na África do Sul. Pigcasso estava prestes a morrer, quando foi resgatada por uma ativista que a ajudou a enveredar pelo caminho da pintura. Desde pequena começou a pegar em pincéis e agora é o primeiro animal do mundo com uma galeria de arte, onde já lançou a sua primeira exposição intitulada 'Oink!'.