sicnot

Perfil

Mundo

Martin Schulz critica Frente Nacional francesa

O presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, criticou hoje a Frente Nacional, considerando que o partido de extrema-direita francês identifica os "bodes expiatórios" mas nunca apresenta propostas concretas.

Ebrahim Noroozi

"A Frente Nacional é um partido que identifica os responsáveis, os bodes expiatórios: os imigrantes, o governo, o leste europeu, os europeus, os alemães, e todos os outros" disse Schulz ao canal de televisão francês I-Télé.

"Quando colocamos a questão concreta sobre soluções em relação, por exemplo, à deslocalização ou à concorrência desleal, é o silêncio. Não dizem nada", acrescentou.

"Vocês conhecem as propostas concretas da Frente Nacional para estes problemas? Quais são as propostas concretas desse partido?" questionou o presidente do Parlamento Europeu e dirigente social-democrata alemão.

Durante a entrevista, Schulz relativizou os êxitos do partido, liderado por Marine Le Pen desde 20111, que aumentou o número de eleitos em França e no Parlamento Europeu.

Referindo-se às regionais francesas de dezembro de 2015, Martin Schulz frisou que a Frente Nacional conseguiu 37 por cento dos votos mas que a participação nas eleições não ultrapassou os 58 por cento.

"A Frente Nacional é um partido, não é o partido dos franceses", conclui Martin Schulz.

Lusa

  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.