sicnot

Perfil

Mundo

Investigadores do acidente da Germanwings recomendam mais controlo médico para pilotos

Os especialistas aeronáuticos franceses defendem um reforço do controlo médico dos pilotos, no relatório final sobre a catástrofe da Germanwings, da qual resultaram 150 mortos há cerca de um ano, no sul dos Alpes franceses.

© Emmanuel Foudrot / Reuters

Neste relatório do BEA (Bureau d'Enquêtes et d'Analyses), hoje divulgado numa conferência de imprensa em Bourget, perto de Paris, a aviação civil francesa também pede "regras claras" que permitam levantar o segredo médico em caso de problemas psicológicos de um piloto e confirma definitivamente que o 'crash' do avião foi provocado voluntariamente pelo co-piloto alemão do aparelho, Andreas Lubitz, que sofria de problemas psíquicos.

"Regras mais claras devem ser exigidas para saber quando é que é necessário levantar o segredo médico", declarou Arnaud Desjardins, um dos especialistas encarregados pela investigação deste acidente, deliberadamente provocado pelo co-piloto, que sofria de depressão, a 24 de março de 2015 no sul dos Alpes franceses.

O documento final da investigação de segurança mantém que o alemão Andreas Lubitz, que sofria de depressão, modificou intencionalmente os ajustamentos do piloto automático para que o aparelho descesse e não respondeu às chamadas dos controladores nem às pancadas na porta da cabine.

Os investigadores pedem, entre outras medidas, que se exija um seguimento médico dos pilotos com antecedentes psicológicos ou psiquiátricos e que se alcance um "melhor equilíbrio" entre a manutenção do segredo médico e a segurança pública.

O BEA defende que são necessárias regras mais claras para saber quando é preciso levantar o segredo médico, perante a constatação de que vários especialistas privados conheciam os transtornos de Lubitz e a profissão deste e, contudo, não fizeram chegar a informação às autoridades aeronáuticas nem à empresa.

O organismo afirma que está consciente da reticência dos pilotos à hora de declarar os seus problemas e procurar ajuda médica por temerem perder a licença devido ao "elevado investimento financeiro e ao atrativo associado à sua profissão" e, por isso, insta os operadores a adotar medidas para mitigar os riscos socioeconómicos relacionados com a perda da licença por razões médicas.

Os investigadores também recomendam a promoção da aplicação de grupos de apoio para os pilotos para poderem falar dos problemas e definir modalidades sob as quais a normativa da União Europeia permitiria que sejam declarados em condições de voar enquanto estejam a tomar medicamentos antidepressivos.

O BEA não aponta para a presença obrigatória de duas pessoas na cabine, mas sublinha que esta medida "vai no bom sentido", porque não pode garantir que se evitem os acidentes, especialmente em caso de suicídio.

"Estamos conscientes de que se trata de um problema difícil. No podemos pretender que sejam medidas 100% eficazes", concluiu na conferência de imprensa o diretor do BEA, Rémi Jouty.

O avião fazia a ligação entre Barcelona e Dusseldorf quando embateu nos Alpes franceses, a 24 de março de 2015.

Lusa

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato. 

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.