sicnot

Perfil

Mundo

Antigo líder de Tiananmen critica Donald Trump

Um antigo líder do movimento pró-democrático estudantil chinês de Tiananmen em 1989 criticou hoje o aspirante a candidato à Casa Branca Donald Trump, advertindo que os Estados Unidos arriscam abandonar as suas preciosas liberdades.

© Pichi Chuang / Reuters

Wu'er Kaixi afirmou estar a falar em nome dos dissidentes chineses que existem em todo o lado ao condenar o magnata do imobiliário, que na semana passada descreveu os protestos de 1989 em Pequim como um "motim".

"Depois de 27 anos no exílio desde esse 'motim' eu penso que posso falar por qualquer companheiro chinês exilado e preso ao condenar Trump", escreveu Wu'er Kaixi num comentário publicado na sua página oficial no Facebook.

"Eu não estou sozinho ao apelar a cada norte-americano que ofereceu refúgio aos chineses, incluindo a mim, para pôr de lado disputas partidárias e unir-se contra Trump", sublinhou o ativista chinês.

Para Wu'er Kaixi, o magnata republicano é "inimigo dos valores pelos quais os Estados Unidos se definem: os mesmos valores que há muito têm dado esperança às vítimas de poderes opressivos em todo o mundo"

"Aqueles de nós que lutaram pelas liberdades em qualquer lugar no mundo temem que algo esteja prestes a mudar nos Estados Unidos América", acrescentou.

Wu'er Kaixi viveu nos Estados Unidos depois de fugir da China na sequência dos protestos, estando a viver em Taiwan há duas décadas.

Tentou voltar à China, por várias ocasiões, mas a entrada foi-lhe sempre negada.

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.