sicnot

Perfil

Mundo

Hoje é dia do Pi, um número infinitamente interessante

14 de março é o dia que a comunidade matemática celebra o Pi, o número 3,14159265358979… infinito e infinitamente interessante para os cientistas.

Bernat Armangue/AP

"A razão constante entre o perímetro da circunferência e o respetivo diâmetro", aprendemos na escola sobre o número Pi, simbolizado pela letra grega π, com um valor aproximado de 3,14 - porque é um número com casas decimais infinitas.

Mas para os matemáticos, este é um número muito mais importante que apenas para geometria básica, pois "aparece" nas mais diferentes áreas como a estatística, a lei da gravidade, a teoria dos números ou a dinâmica dos fluidos.

Desde sempre que o número intrigou os cientistas que tentam encontrar formas melhores de determinar o seu valor com mais precisão. Os babilónios e antigos egípcios conseguiram um grau de exactidão de 7%, enquanto já no século V d.C. matemáticos da Índia e da China alcançaram algoritmos que aproximaram o Pi das sete casas decimais.

A data para comemorar o Pi é 14 de março devido à forma como as datas se escrevem nos Estados Unidos: 3/14.

.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.