sicnot

Perfil

Mundo

Polícia alemã afasta hipótese de novas explosões em Berlim

A polícia de Berlim rejeitou hoje a possibilidade de novas explosões no local onde morreu um condutor quando uma bomba deflagrou no interior do seu veículo, embora não se conheçam ainda as causas do incidente.

© Fabrizio Bensch / Reuters

Através da conta na rede social Twitter, a polícia da capital alemã explicou que uma comissão especial está encarregada da investigação no terreno, onde continuam a ser recolhidas provas.

As forças de segurança informaram os residentes da zona que o trabalho das equipas de minas e armadilhas já terminou e que podem usar as varandas e janelas de suas casas, depois do alerta na sequência da explosão.

De acordo com a investigação inicial, a explosão ocorreu com o veículo em movimento.

O condutor, cuja identidade ainda não foi divulgada, morreu devido aos ferimentos sofridos.

As forças de segurança mantêm a zona, no oeste da capital alemã, isolada.

Lusa

  • Explosão de viatura no centro de Berlim causa um morto

    Mundo

    Um carro explodiu esta manhã quando circulava numa rua no centro de Berlim. De acordo com a polícia alemã, a viatura estaria armadilhada. O motorista morreu e não há registo de mais vítimas do incidente. A pista de homicídio está a ser privilegiada pela investigação.

  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Sondagem prevê vitória de Basílio em Sintra e de Bernardino em Loures
    3:03
  • Menina mexicana encontrada viva sob os escombros nunca existiu
    2:24

    Mundo

    As autoridades mexicanas desmentiram a existência de uma menina de 12 anos sob os escombros da escola da capital. Frida Sofia afinal não existe e ainda ninguém assumiu quem fez circular a notícia. O sismo de magnitude 7,1 fez mais de 290 mortos e mais de 40 pessoas continuam desaparecidas.