sicnot

Perfil

Mundo

Supercomputador da Google vence torneio contra campeão humano

O sistema de inteligência artificial da Google, AlphaGo, arrecadou o título de campeão do mundo do jogo milenar chinês "Go" ao vencer um torneio contra o homem anterior campeão, o sul-coreano Lee Sedol.

© Kim Hong-Ji / Reuters

AlphaGo, desenvolvido pela subsidiária da Google DeepMind, venceu Lee Sedol por 4-1 e tornou-se assim o grande mestre de Go, jogo inventado há cerca de 3 mil anos na China e muito popular também na Coreia do Sul e no Japão.

"Um dos jogos mais incríveis", disse um dos programadores dp DeepMind, Demis Hassabis, após o último de cinco jogos. "Foi extraordinário como [o computador] recuperou do grande erro cometido contra Lee Sedol", que venceu um dos jogos.

"Go" é um jogo de tabuleiro em que os dois oponentes movem pedras brancas e pretas para conquistar o maior território.

É perfeito para a investigação em inteligência artificial porque é um jogo com inúmeras hipóteses de cálculos.

  • A máquina volta a vencer o homem

    Mundo

    O sistema de inteligência artificial da Google, AlphaGo, ganhou ao campeão do mundo do jogo milenar chinês "Go". A competição decorreu em Seul, na Coreia do Sul.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.