sicnot

Perfil

Mundo

A lista das nações mais felizes do mundo

A Dinamarca é o país do mundo com as pessoas mais felizes, enquanto o Burundi é o país com as pessoas mais infelizes. Portugal ocupa o 94º lugar.

© XXSTRINGERXX xxxxx / Reuters

Esta é a conclusão de um estudo feito pela Universidade de Columbia e de uma organização liderada pelas Nações Unidas.

Ao todo, foram analisados 157 países. O estudo tem em conta vários fatores, como a esperança média de vida, os apoios sociais ou a liberdade de escolha de cada pessoa.

Entre os que lideram a lista estão a Dinamarca, a Suíça e a Islândia. Por oposição, o Burundi, a Síria e o Togo são os países com as pessoas menos felizes.

Os Estados Unidos ocupam o 13º lugar, enquanto o Reino Unido o 23º. A França está à frente de Itália, com o 32º e o 50º lugares, respetivamente.

Top 10 dos países com as pessoas mais felizes:

1º - Dinamarca
2º - Suíça
3º - Islândia
4º - Noruega
5º - Finlândia
6º - Canadá
7º - Holanda
8º - Nova Zelândia
9º - Austrália
10º - Suécia

Top 10 dos países com as pessoas mais infelizes:
1º - Burundi
2º - Síria
3º - Togo
4º - Afeganistão
5º - Benim
6º - Ruanda
7º - Guiné
8º - Libéria
9º - Tanzânia
10º - Madagáscar

  • Seleção de sub-21 precisa de vencer a Macedónia

    Desporto

    A seleção portuguesa de futebol de sub-21 precisa, hoje, de vencer a Macedónia e de marcar pelo menos quatro golos para poder sonhar ainda com a presença nas meias-finais do Europeu da categoria, que decorre na Polónia.

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Metade dos moradores de Sandinha recusaram sair das casas
    3:14
  • Habitantes de Várzeas tentam regressar à normalidade
    2:48
  • Corpos da tragédia em Pedrógão guardados em camião de alimentos
    8:11

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Duarte Nuno Vieira, médico legista, esteve esta quinta-feira, na Edição da Noite, para comentar o que já foi feito e o que falta fazer em Pedrógão Grande, depois de ter sido atingido pelos incêndios. O presidente do Conselho Europeu de Medicina Legal defendeu que guardar os corpos das vítimas mortais num camião de alimentos foi uma "maneira de solucionar o problema da forma possível", visto que não há espaço no Instituto Nacional De Medicina Legal.

  • Trump volta a garantir que não tentou interferir na investigação do FBI
    0:17

    Mundo

    O Presidente dos EUA reitera que não tentou interferir na investigação do FBI em relação às alegadas interferências da Rússia nas eleições presidenciais. Questionado sobre as gravações das conversas que manteve com o ex-diretor da polícia de investigação, James Comey, Donald Trump prometeu esclarecimentos num futuro breve.

  • "A informação pode ter saído depois da hora do exame de Português"
    1:19

    País

    O presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais diz que é preciso aguardar pelas conclusões do relatório sobre a alegada fuga de informação do exame nacional de Português. Jorge Ascensão defende que a investigação deve causar o mínimo de impacto aos alunos que realizaram a prova.