sicnot

Perfil

Mundo

Breivik diz que lutará "até à morte" pelo nacional-socialismo

O radical de direita Anders Behring Breivik, que matou 77 pessoas na Noruega em 2011, afirmou hoje que lutará pelo nacional-socialismo "até à morte", no âmbito do seu processo contra o Estado sobre as condições da sua detenção.

© Norsk Telegrambyra AS / Reute

O detido de 37 anos, que acusa ainda Noruega de tratamento "desumano" e "degradante", considera que o "Estado está a tentar matá-lo desde há cinco anos", ao mantê-lo em isolamento.

Na terça-feira, Breivik, fez uma saudação nazi no início do processo contra o Estado, que acusa de tratamento desumano e degradante na prisão.

Depois de ter entrado no pretório, um ginásio da prisão de Skien, no sul da Noruega, transformado para a ocasião, Breivik voltou-se por instantes para os jornalistas e, em seguida, estendeu o braço direito, sem pronunciar uma única palavra, segundo a agência noticiosa AFP.

Desde que foi condenado a 21 anos de prisão - prorrogáveis de forma indefinida - em 2012, Breivik, de 37 anos, tem estado num estabelecimento de segurança máxima. Primeiro, na prisão de Ila, a oeste de Oslo, e agora em Skien, ao sul da capital.

Lusa

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Costa confiante no crescimento da economia e das exportações
    1:09

    Economia

    O primeiro-ministro manifestou confiança no crescimento da economia e das exportações. À margem da cerimónia dos 25 anos da Auto Europa em Portugal, António Costa deu vários exemplos de investimento estrangeiro, feito nas últimas semanas no país, e disse que os dados económicos recentes são positivos.

  • Turista italiano assassinado em favela do Rio de Janeiro
    1:01

    Mundo

    Um turista italiano de 52 anos foi assassinado numa favela do Rio de Janeiro, no Brasil, enquanto viajava com um amigo. Após várias horas com o gangue autor do crime, o amigo que se encontrava com a vítima acabou por ser libertado.

  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47