sicnot

Perfil

Mundo

EUA apelam à Coreia do Norte para que perdoe estudante condenado 15 anos de trabalhos forçados

Os Estados Unidos apelaram hoje à Coreia do Norte para que perdoe o estudante norte-americano condenado pela justiça norte-coreana a 15 anos de trabalhos forçados por atividades subversivas.

© KYODO Kyodo / Reuters

"Instamos fortemente o governo norte-coreano a perdoar [o estudante] (...) e a conceder uma libertação imediata", declarou Josh Earnest, porta-voz da administração norte-americana.

"É cada vez mais claro que o governo norte-coreano usa estes cidadãos norte-americanos como peões com motivações puramente políticas", acrescentou o porta-voz da Casa Branca, recordando que o Departamento de Estado norte-americano recomendou aos cidadãos dos Estados Unidos para não realizarem viagens à Coreia do Norte.

Otto Frederick Warmbier, um estudante de 21 anos da Universidade da Virgínia, foi condenado pelo Supremo Tribunal norte-coreano a 15 anos de trabalhos forçados por tentar roubar um cartaz de propaganda política de um hotel onde estava hospedado em Pyongyang.

O cartaz estava numa área reservada para funcionários do hotel.

O estudante, que integrava uma viagem organizada, reconheceu publicamente o seu "delito", numa confissão descrita como podendo ter sido forçada pelas autoridades norte-coreanas.

O jovem foi detido em janeiro quando estava a sair do território norte-coreano.

"Os motivos pelos quais ele foi detido e preso não resultariam numa interpelação nos Estados Unidos ou na maioria dos países do mundo", sublinhou o porta-voz da administração norte-americana.

Os Estados Unidos não têm relações diplomáticas com a Coreia do Norte.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.