sicnot

Perfil

Mundo

Papa abre conta no Instagram

O papa Francisco vai ter uma conta na aplicação de partilha de fotografias Instagram, sob o nome de "Franciscus", a partir de sábado, anunciou hoje o Vaticano.

Cliff Owen

O papa escolheu a data de sábado em que se assinala o início oficial do seu pontificado há três anos, marcado pela sua entronização na basílica de São Pedro.

A chegada de Jorge Bergoglio à aplicação preferida das celebridades, que partilham fotos da sua vida privada, é mais uma etapa na estratégia de comunicação do papa, acentuando a sua presença nas redes sociais depois do êxito da conta no Twitter.

A 26 de fevereiro passado, Kevin Systrom, o fundador do Instagram, encontrou-se com Francisco no Vaticano.

"Falámos do poder das imagens como instrumento de união dos povos, de todas as culturas e todas as línguas", afirmou o papa, no final do encontro com o jovem empresário e milionário norte-americano.

Filial da rede social Facebook, o Instagram tinha, no final de fevereiro, mais de 400 milhões de utilizadores em todo o mundo.

A rede social Twitter reivindicava, no final de dezembro, 320 milhões de utilizadores.

No Twitter, a conta "Pontifex" foi aberta pelo papa emérito Bento XVI, em dezembro de 2012, e retomada pelo sucessor. Francisco foi um êxito nesta rede, onde tem cerca de 30 milhões de seguidores em nove línguas.

De acordo com a imprensa norte-americana, a cantora e atriz Selena Gomez é a personalidade com mais seguidores no Instagram: 69,5 milhões.

  • Papa Francisco pede fim da pena de morte

    Mundo

    O papa Francisco pediu hoje que não seja executada nenhuma pena de morte durante a celebração do Jubileu Extraordinário, que decorre até 20 de novembro, e apelou à comunidade internacional para que termine definitivamente com a pena de morte.

  • Papa Francisco visita Auschwitz no final de julho

    Mundo

    O papa Francisco vai visitar o antigo campo de concentração alemão de Auschwitz-Birkenau, no âmbito das Jornadas Mundiais da Juventude, que se realizam em Cracóvia no final de julho e que serão presididas pelo pontífice.

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Desporto

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Desporto

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Votações sobre o mapa judiciário geram tensão no Parlamento
    2:01

    País

    O momento das votações no Parlamento ficou marcado por alguma tensão. Depois de aprovadas, em comissão, as alterações ao mapa judiciário, o PSD opôs-se a que o diploma fosse votado em plenário, uma vez que não fazia parte da versão inicial do guião de votações. A esquerda acusou os sociais-democratas de terem motivações estritamente políticas e não regimentais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.