sicnot

Perfil

Mundo

Setores público e privado venezuelanos param para poupar eletricidade e água

Os setores público e privado venezuelanos paralisam as atividades entre os dias 19 e 27 de março, para reduzir o consumo de eletricidade e água no país, afetado por uma forte seca provocada pelo fenómeno meteorológico "El Niño".

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

A paralisação das atividades está prevista no decreto assinado pelo Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e divulgado hoje.

No passado dia 12, Nicolás Maduro, anunciou que iria promulgar um Decreto Especial de Emergência devido ao "El Niño".

"Tomei a decisão (devido à emergência) de declarar toda a Semana Santa, desde o sábado, 19 de março, até ao domingo de ressurreição, 27 de março, como dias feriados não laboráveis para todos os trabalhadores públicos do país e para toda a educação nacional, para todos os estudantes de liceus e universidades", disse no final de uma marcha de apoio ao seu regime, em Caracas.

Segundo Nicolás Maduro o decreto foi concebido para garantir a estabilidade da população relativamente aos efeitos climáticos de El Niño.

Lusa

  • Taxa de desemprego abaixo dos 10%

    Economia

    A taxa de desemprego em fevereiro ficou afinal nos 9,9%. O Instituto Nacional de Estatística reviu o indicador em baixa de 0,1 pontos percentuais, esta sexta-feira. É o valor mais baixo desde fevereiro de 2009.

  • Incêndio dominado em Gondomar
    4:25

    País

    Está dominado o incêndio que esta manhã obrigou à evacuação da Escola Secundária de São Pedro da Cova, no concelho de Gondomar. A repórter Susana Bastos esteve no local.

  • "Tanolas" tem cadastro criminal e já foi condenado a pena suspensa
    0:55