sicnot

Perfil

Mundo

EUA declaram Daesh responsável por genocídio de cristãos e xiitas

Os Estados Unidos declararam hoje o Daesh responsável por genocídio de cristãos, yazidis e outras minorias religiosas nos territórios que controla no Iraque e na Síria, como os muçulmanos xiitas.

(arquivo)

(arquivo)

"O Daesh é genocida por autoproclamação, por ideologia e por ação, no que afirma, no que acredita e no que faz", disse o chefe da diplomacia norte-americana, John Kerry, utilizando um dos nomes que designam o grupo jihadista.

"O Daesh também é responsável por crimes contra a humanidade contra os mesmos grupos", acrescentou.

A declaração do secretário de Estado confirma uma declaração aprovada pelo Congresso dos Estados Unidos para declarar como genocídio os assassínios de minorias religiosas perpetrados pelo grupo extremista, uma declaração que tem implicações legais internacionais.

Lusa

  • Cinco anos de guerra na Síria
    1:59

    Mundo

    A guerra na Síria começou há cinco anos. Já fez 270 mil mortos, um milhão de feridos e foi responsável pela maior crise migratória após a 2ª Guerra Mundial. O conflito começou em 2011 com a Primavera Árabe e a contestação a Bashar al-Assad. O país está dividido e é controlado pelo Daesh, pela Frente al-Nusra ligada à Al-Qaeda e pelos curdos. As tropas fiéis ao regime batem-se com os rebeldes que pretendem a queda do presidente do país. Cinco anos depois, Bashar al-Assad continua no poder, quase cinco milhões de pessoas fugiram e 450 mil pessoas vivem num país em ruínas.

  • Descida da TSU inconstitucional?
    2:37

    TSU

    Especialistas ouvidos pela SIC põem em causa a constitucionalidade da descida da Taxa Social Única dos patrões, como contrapartida pelo aumento do salário mínimo. Como se trata de um imposto pago pelas empresas, só o Parlamento pode decidir uma alteração nas taxas. Neste caso, o Governo decidiu sozinho.

  • Autocarro com seguranças atacado em Braga
    0:42

    Desporto

    Dois autocarros que transportavam elementos de uma empresa de segurança foram atingidos por tiros e pedras depois do jogo entre o Sporting de Braga e o Vitória de Guimarães. O ataque deu-se a poucos quilómetros do Estádio Municipal de Braga. A PSP e a PJ estiveram no local a recolher provas.