sicnot

Perfil

Mundo

Grupo radical curdo reivindica ataque suicida de domingo em Ancara

O grupo radical curdo Falcões da Liberdade do Curdistão (TAK), com ligações ao proibido Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, separatistas), reivindicou hoje o ataque suicida que no domingo matou 35 pessoas na capital da Turqia, Ancara.

Em três meses é o terceiro atentado a atingir a Turquia

Em três meses é o terceiro atentado a atingir a Turquia

© Stringer . / Reuters

"Na noite de 13 de março, um ataque suicida foi levado a cabo... nas ruas da capital da fascista república turca. Nós reivindicamos o ataque", disse TAK, numa declaração publicada na sua página de Internet.

O ataque constitui uma resposta às operações das forças de segurança turcas no sudeste da Turquia, predominantemente curda, acrescenta a agência AFP.

Além das vítimas mortais, o atentando de domingo também provocou 125 feridos, segundo dados do Ministério da Saúde.

Lusa

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15