sicnot

Perfil

Mundo

Maduro apela à solidariedade mundial com Lula e Dilma

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, apelou hoje à solidariedade mundial para com a sua homóloga brasileira, Dilma Rousseff, e o ex-Presidente Lula da Silva perante o "golpe mediático-judicial" que estão a tentar contra eles.

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

"Levantemos a voz da solidariedade mundial com Dilma e Lula perante o golpe mediático-judicial no Brasil", escreveu Nicolás Maduro na sua conta no Twitter.

O Presidente da Venezuela considerou ainda que se trata de "uma ofensiva imperial que pretende acabar com as forças progressivas e revolucionárias".

"Que o movimento popular e democrático da nossa América se levante para enfrentar o golpe no Brasil. É tempo de luta", escreveu.

Um despacho judicial suspendeu hoje o ato de nomeação do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro da Casa Civil do Governo de Dilma Rousseff, segundo informações do jornal Folha de S.Paulo.

A decisão é, segundo o jornal, do juiz Itagiba Catta Preta Neto, que teria entendido que "há indícios de cometimento do crime de responsabilidade".

No entanto, este não é o único pedido de impugnação da posse de Lula. A juíza Ivani Silva da Luz da 22.ª Vara Federal do Distrito Federal aceitou hoje uma denúncia do movimento Pátria Brasil contra a posse do antigo Presidente.

A nomeação de Lula da Silva para o Governo está a ser encarada como uma forma de o ex-Presidente evitar as investigações de que é alvo no âmbito da Operação Lava Jato, sobre um esquema de corrupção que envolve várias empresas, incluindo a petrolífera estatal Petrobras.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".