sicnot

Perfil

Mundo

Partido do ministro do Desporto abandona Governo de Dilma

O presidente do Partido Republicano Brasileiro (PRB), Marcos Pereira, anunciou na quarta-feira à noite que o partido deixará de apoiar o Governo de Dilma Rousseff e o ministro do Desporto, George Hilton, colocará o cargo à disposição.

© Ueslei Marcelino / Reuters

"Não vemos norte para a situação do país", justificou Marcos Pereira, citado pela imprensa brasileira.

A decisão foi votada numa reunião entre os deputados e as lideranças do partido num encontro na Câmara dos Deputados, em Brasília, e foi unânime, escreve a Folha de São Paulo.

De acordo com a edição 'online' do mesmo diário, a intenção do partido era debater o tema na próxima semana, mas a decisão da Presidente Dilma Rousseff de nomear o seu antecessor no cargo, Lula da Silva, para ministro da Casa Civil precipitou a reunião.

A escolha do ex-chefe de Estado para um dos mais altos cargos no país é vista como uma manobra política, numa altura em que Dilma Rousseff arrisca um processo de impugnação.

Além disso, ao entrar para o Governo, Lula da Silva, investigado no âmbito da Operação Lava Jato (relacionada com corrupção em várias empresas, incluindo a petrolífera Petrobras), passa a ter foro privilegiado, podendo apenas ser investigado pelo Supremo Tribunal Federal.

Com esta decisão, a bancada do PRB na Câmara dos Deputados, com 21 parlamentares, e no Senado, onde tem um senador, passará a votar de forma independente no Congresso.

"Esse gesto representa um anseio da população. Estamos aqui em defesa do povo brasileiro. Votaremos pelo povo brasileiro", afirmou o deputado Celso Russomanno, citado pela imprensa.

O PRB é um dos nove partidos que integram o Governo liderado por Dilma Rousseff.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.