sicnot

Perfil

Mundo

Trump na presidência dos EUA entre as maiores ameaças mundiais

A eventual vitória de Donal Trump nas eleições presidenciais americanas é considerada uma das 10 maiores ameaças mundiais, de acordo com a Economist Intelligence Unit (EIU). A unidade de análise económica da revista britânica The Economist considera que Trump poderia perturbar a economia global e aumentar os riscos políticos e de segurança nos EUA.

© Joe Skipper / Reuters

A Economist Intelligence Unit considera, contudo, pouco provável que o candidato republicano possa derrotar Hillary Clinton, que vê como "o mais provável candidato democrata".

A ameaça mundial da vitoria de Trump é equiparada ao risco que poderia representar a saída do Reino Unido da União Europeia ou um conflito armado no Mar do Sul da China.

"Até agora, Trump deu poucos detalhes sobre suas políticas, e verifica-se para constante revisão", refere a EIU no relatório de avaliação de risco global.

O ranking desta prestigiada empresa de pesquisa usa uma escala de 1 a 25, com Trump a obter uma classificação de 12, o mesmo nível de risco da "ameaça crescente do terrorismo jihadista".

Entre os acontecimentos mais perigosos para o mundo, a EIU destaca a acentuada desaceleração da economia chinesa e as intervenções da Rússia na Ucrânia e na Síria, antevendo uma nova "guerra fria".

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    A capital da Itália foi esta manhã sacudida por três sismos em apenas uma hora, de entre 5,3 e 5,7 na escala de Richter, não havendo até ao momento registo de vítimas.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".