sicnot

Perfil

Mundo

Polícia turca neutraliza viatura com 150 quilos de explosivos

A polícia turca neutralizou na quinta-feira à noite uma viatura cheia de explosivos que estava estacionada perto de um edifício do governo na província de Diyarbakir, no sudeste do país, revelaram fontes da segurança citadas pela AFP.

© Sertac Kayar / Reuters

O veículo foi neutralizado quatro dias após um atentado suicida que matou 35 pessoas e feriu mais de 120 no domingo em Ancara, ataque reivindicado por um grupo rebelde curdo.

O carro foi descoberto no distrito de Hani, 80 quilómetros a norte da cidade de maioria curda do sudeste da Turquia, acrescentaram as fontes citadas pela AFP.

As equipas de desminagem neutralizaram imediatamente os 150 quilos de explosivos dissimulados na viatura, que foi de seguida rebocada para o comissariado local para ser passada a pente fino pela polícia científica.

No domingo à noite, uma viatura armadilhada explodiu numa praça muito frequentada de Ancara e fez 35 mortos e mais de 120 feridos.

Este atentado foi reivindicado na quinta-feira por um grupo dissidente do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), os Falcões da Liberdade do Curdistão (TAK), em represália pelas operações levadas a cabo pelas forças armadas turcas contra a rebelião em cidades do sudeste da Anatólia.

Já a 17 de fevereiro os TAK tinham realizado um ataque semelhante contra uma caravana que transportava militares, fazendo 29 mortos.

Desde o verão passado, a Turquia vive em estado de alerta permanente após uma série de ataques ligados à retomada do conflito curdo ou atribuídos pelo governo islâmico-conservador ao grupo Daesh.

Lusa

  • "Não vou ceder, não vou render-me, não vou desistir da candidatura"
    2:02
  • Obama, Presidente francês?
    1:55

    Mundo

    A resposta é óbvia, mas não demoveu quatro franceses, descontentes com os candidatos às Presidenciais no seu país. A ideia começou como brincadeira, mas já recolheu 43 mil assinaturas. 

  • Trump apanhado a ensaiar no carro
    1:08
  • Mulheres democratas de branco para mostrar que não abdicam dos diretos conquistados

    Mundo

    Uma "mancha branca" sobressaiu esta terça-feira no Congresso norte-americano, durante o primeiro discurso de Donald Trump. A maioria das 66 mulheres representantes e delegadas do Partido Democrata vestiram-se de branco, num ato simbólico a fazer recordar o movimento sufragista feminino, que encorajava as apoiantes a vestirem-se de branco. Tal como então, a cor da pureza foi agora recuperada, desta feita para mostrar a Trump que as mulheres não abdicam dos direitos conquistados no início do século XX.

  • Treinador do "The Biggest Loser" teve ataque cardíaco

    Mundo

    Foi o próprio Bob Harper que partilhou a notícia no seu Instagram. O ex-treinador do famoso programa de televisão sofreu um ataque cardíaco enquanto treinava no ginásio. Esteve oito dias internado mas, felizmente, já está em casa a recuperar.

  • Prisões recebem manual para lidar com fugas
    2:07

    País

    O Governo vai fazer o maior investimento de sempre nos serviços prisionais. São 2.600 milhões de euros para reforçar a segurança nas prisões. Entretanto. já foi distribuído um manual de procedimentos em caso de fuga.