sicnot

Perfil

Mundo

Cabo Verde vai hoje às urnas para eleger governo

Mais de 350 mil eleitores cabo-verdianos vão hoje às urnas para eleger os 72 deputados ao parlamento nacional, de onde sairá o governo para os próximos cinco anos, naquelas que são as sextas eleições multipartidárias no país.

MÁRIO CRUZ/LUSA

Na corrida estão seis partidos políticos: Partido Africano para a Independência de Cabo Verde (PAICV, no poder), Movimento para a Democracia (MpD, maior partido da oposição), União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID, terceiro partido com assento parlamentar) e Partido Popular (PP), Partido do Trabalho e da Solidariedade (PTS) e Partido Social Democrático (PSD), todos sem representação no parlamento.

Estão inscritos 350.388 eleitores, 45.085 dos quais no estrangeiro, incluindo Portugal (15.077), o círculo com mais inscritos na diáspora cabo-verdiana.

Nestas eleições está em causa a continuidade do PAICV na liderança do país, após três mandatos de maioria absoluta, ou o regresso do MpD, após 15 anos de governos liderados pelo atual primeiro-ministro José Maria Neves, que não se candidata.

O PAICV apresenta a estas eleições a primeira mulher presidente de um partido em Cabo Verde, Janira Hopffer Almada, 37 anos, antiga ministra do Emprego.

Por seu lado, o MpD candidata o ex-presidente da câmara da Praia e antigo ministro das Finanças, Ulisses Correia e Silva, 53 anos.

Em confronto estão a ideia de continuidade e estabilidade de Governo, defendida pelo PAICV, e a necessidade de mudança e de uma nova forma de fazer política, sustentada pelo MpD.

Daquelas que estão a ser consideradas as eleições mais renhidas das últimas décadas no país, poderá resultar ainda o reforço da votação na União Cabo-Verdiana Independente e Democrática (UCID), a terceira força política atualmente com dois deputados.

Liderada por António Monteiro e com implantação sobretudo na ilha de São Vicente, a UCID aposta no fim a bipolarização partidária em Cabo Verde.

As urnas abrem às 08:00 horas e encerram às 18:00 horas (mais uma hora em Lisboa) e a votação decorre em 1.300 mesas distribuídas pelo arquipélago e pela diáspora.

A campanha eleitoral, que terminou na sexta-feira, ficou marcada por acusações mútuas de "compra de consciência" e de tentativas de condicionar o voto.

As eleições irão ser acompanhadas por uma missão de 20 observadores da União Africana e por alguns diplomatas da embaixada dos Estados Unidos em Cabo Verde, que foram acreditados pela Comissão Nacional de Eleições.

A situação financeira da companhia aérea cabo-verdiana TACV, que tem um dos seus aviões arrestados na Holanda devido a dívidas, foi outro dos assuntos que marcou a campanha eleitoral.

Lusa

  • Quem deve ser o próximo treinador do FC Porto?

    Desporto

    Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico e o clube chegaram a acordo mútuo para a rescisão do contrato, que o ligava por mais uma temporada aos dragões. Nuno Pinto da Costa tem agora que encontrar um novo treinador para orientar dos "dragões". Os nomes em cima da mesa são vários. Diga-nos quem deve ser o novo treinador do FC Porto.

  • Os treinadores do FC Porto desde o último título 

    Desporto

    Nunca o FC Porto esteve quatro anos consecutivos sem ganhar um título durante a presidência de Nuno Pinto da Costa. A ausência de vitórias teve início na época de 2013/14, quando começou uma autêntica dança de treinadores.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Divulgado vídeo dos bambardeamentos contra o Daesh no Iraque
    0:42
  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.