sicnot

Perfil

Mundo

Dezenas de dissidentes detidos em Cuba horas antes da chegada de Obama

A polícia de Cuba deteve dezenas de militantes do movimento dissidente Damas de Branco após o desfile que tentam realizar todos os domingos em Havana, horas antes do início da visita do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

© Alexandre Meneghini / Reuters

O movimento Damas de Branco foi criado por mulheres de opositores ao regime comunista.

Segundo a agência noticiosa France Presse, a polícia fez entrar em veículos policiais dezenas de militantes e simpatizantes junto à igreja em que costumam reunir-se em protesto ao domingo.

As detenções foram conhecidas quase à mesma hora em que Obama partiu da base aérea de Andrews, nos Estados Unidos, pouco depois das 17:30 TMG e Lisboa, para Cuba, onde realiza a partir de segunda-feira a primeira visita de um presidente norte-americano à ilha desde a revolução de 1959.

Lusa

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "No meu bairro perguntam-me se a medalha é de ouro e dizem que ma vão roubar e vender"
    4:46
  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05