sicnot

Perfil

Mundo

Dilma Rousseff apresenta queixa por difamação contra senador do seu partido

A Presidente do Brasil apresentou hoje uma queixa por difamação contra um senador que acusou Dilma Rousseff de beneficiar do esquema de corrupção com a petrolífera estatal brasileira Petrobras.

(arquivo)

(arquivo)

Fernando Bizerra Jr.

"A Presidente Dilma Rousseff ordenou a abertura dos procedimentos legais devidos contra Delcídio do Amaral, na sequência de declarações difamatórias", informou a presidência brasileira.

A decisão de Dilma Rousseff surge na sequência da entrevista de Delcídio do Amaral à edição de hoje da revista Veja, durante a qual afirmou que a Presidente brasileira sabia da rede de subornos em torno da Petrobras e usou dinheiro nas suas campanhas eleitorais.

"Dilma herdou e beneficiou diretamente deste sistema, que financiou as suas campanhas eleitorais" de 2010 e 2014, declarou Delcídio do Amaral, antigo líder no Senado do Partido dos Trabalhadores (PT, esquerda), à Veja.

Enquanto o antigo chefe de Estado Luiz Inácio Lula da Silva, suspeito de corrupção, "dirigia o sistema" de subornos, "Dilma sabia tudo. A diferença era que ela fingia não ter nada a ver com este caso", garantiu.

De acordo com o senador, "Lula negociava diretamente com os partidos para nomear dos diretores do grupo petrolífero e sabia perfeitamente como estes diretores eram utilizados pelos partidos" para recuperar subornos.

E para impedir um inquérito, Rousseff e o seu antecessor e mentor "tentaram sistematicamente impedir o trabalho da justiça", acrescentou.

Antigo líder do grupo no Senado do PT, Delcídio do Amaral tinha acusado, no início da semana, o ministro da Educação, Aloízio Mercadante, de ter tentado comprar o seu silêncio no caso Petrobras.

Estas novas acusações surgem no dia seguinte a vastas manifestações, em todo o país, da esquerda brasileira em defesa do governo, alguns dias depois da manifestação de três milhões de brasileiros para exigir a destituição da presidente.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura durante a noite. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vitima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.