sicnot

Perfil

Mundo

Líder iraniano acusa Washington de não respeitar compromissos assumidos

O líder supremo do Irão, Ayatollah Ali Khamenei, acusou este domingo os Estados Unidos de não "respeitarem os compromissos" assumidos quando foi concluído o acordo sobre o programa nuclear iraniano, em julho de 2015.

© Caren Firouz / Reuters

"No acordo nuclear (...) os americanos não respeitaram os seus compromissos, não fizeram o que deviam ter feito", declarou o líder num discurso em Machhad, por ocasião do Ano Novo persa.

Khamenei acusou os Estados Unidos de terem levantado as sanções "no papel", mas de impedirem indiretamente a República Islâmica de atingir os seus objetivos. "Na verdade, fazem com que os efeitos do levantamento de sanções não se vejam", apontou.

O acordo concluído em julho de 2015 entre as grandes potências, incluindo os Estados Unidos, e o Irão sobre o programa nuclear de Teerão entrou em vigor em janeiro, permitindo o levantamento das sanções internacionais impostas a Teerão.

Segundo o líder supremo iraniano, "o secretário (norte-americano) do Tesouro trabalha dia e noite para que a República Islâmica não possa beneficiar do acordo" e os norte-americanos "ameaçam permanentemente".

Khamenei manifestou ainda preocupação em relação ao que fará o sucessor do presidente norte-americano, Barack Obama, quando entrar em funções em janeiro de 2017. "Não há qualquer garantia de que o próximo governo aplique estes compromissos limitados", afirmou, acrescentando que os candidatos presidenciais recorrem "ao insulto" ao Irão.

O líder iraniano disse que a Europa também está reticente em relação a fazer negócios com o Irão "por medo" dos Estados Unidos.

Lusa

  • "Espero que num prazo muito breve seja tudo esclarecido"
    1:34

    País

    O ministro do Trabalho e da Segurança Social disse hoje que é preciso aguardar pelo resultado da inspeção que está a ser feita às contas da associação Raríssimas. Vieira da Silva espera que tudo seja esclarecido o mais rapidamente possível.

  • As contradições do (ainda) secretário de Estado da Saúde
    1:58

    País

    Antes do pedido de demissão, o secretário de Estado da Saúde foi, na tarde de terça-feira, confrontado com uma série de novos documentos pela reportagem da TVI. Manuel Delgado é confrontado com uma série de acusações e entra, várias vezes, em contradição.

  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.