sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 14 mortos em acidente de autocarro em Espanha

Pelo menos 14 pessoas morreram na colisão entre um autocarro e um carro na estrada AP-7 no município de Freginals, Tarragona, em Espanha. Eram jovens universitários de Erasmus, de várias nacionalidades. "De momento não há indicação de vítimas portuguesas" , segundo o Cônsul-Geral de Portugal em Barcelona.

JAUME SELLART

JAUME SELLART

JAUME SELLART

JAUME SELLART

JAUME SELLART

O Cônsul-Geral de Portugal em Barcelona, Paulo Teles da Gama, afirmou hoje à agência Lusa que, "de momento", não há indicação por parte das autoridades da Catalunha da presença de portugueses no acidente de autocarro de Tarragona.

O autocarro acidentado em Freginals, pertencente a uma empresa de Mollet del Vallès (Barcelona), transportava 56 estudantes de Erasmus de diversas nacionalidades que regressavam de umas festas em Valência, segundo a EFE.

O acidente aconteceu às 6:00 da manhã locais, quando o autocarro da empresa Autocares Alejandro, qua circulava em sentido Barcelona, perdeu o controlo, atravessou o separador e ficou voltado no sentido sul, colidindo com outro veículo.

Um total de oito jovens, quatro em estado muito grave, que viajavam no autocarro deram entrada no hospital Verge de la Cinta de Tortosa (Tarragona).

De acordo com a empresa, o motorista do autocarro é um dos sobreviventes.

Os bombeiros estão a trabalhar com 17 equipas a resgatar as vítimas do interior dos veículos envolvidos, e o transportador terá um outro veículo para transportar as pessoas ilesas para um hotel em Tortosa (Tarragona).

O ministro do Interior catalão, Jordi Jané, também se deslocou para o local para acompanhar a situação de emergência.

"Estamos chocados. Sabemos que as vítimas são muito jovens e hoje é um dia muito triste", disse Josep Roncero, autarca de Freginals (Tarragona), uma povoação de escassos 400 habitantes, uma das primeiras pessoas a chegar ao local.

A Proteção Civil do Governo, em conjunto com as autoridades locais, está a disponibilizar espaços de atendimento aos ilesos, com ajuda psicológica.

A circulação na AP-7 está completamente cortada no sentido sul.

Esta colisão é um dos acidentes de trânsito mais graves que ocorreram em Espanha desde 2000, com envolvimento de um autocarro de passageiros.

O acidente com o maior número de mortes em Espanha foi a 06 de julho de 2000, quando um autocarro em que viajavam alunos catalães colidiu com um camião de transporte de gado na cidade de Soria Golmayo, provocando vinte mortos e treze feridos graves.

Última atualização às 11:45/Com Lusa

  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • "Toda a gente merece direitos iguais"
    0:14

    Mundo

    A polícia de Istambul montou cordões de segurança para dispersar a multidão que se juntou para a Marcha do Orgulho Gay, este domingo. O Governo proibiu a marcha por considerar que representa um risco para a segurança pública. Uma das ativistas fala numa decisão sem sentido, e diz que todas as pessoas merecem direitos iguais.

  • "Ela veio lá de fora e começou a atropelar as pessoas"
    0:43

    Mundo

    O atropelamento deste sábado em Newcastle, no Reino Unido, provocou pelo menos seis feridos. No local, as pessoas relatam momentos de pânico. Uma testemunha afirma que a condutora nunca perdeu o controlo do carro e que dirigiu intencionalmente contra a multidão.