sicnot

Perfil

Mundo

China aplaude visita de Obama a Cuba e apela ao fim do embargo

A China aplaudiu hoje a visita do Presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, a Cuba, e apelou a Washington para que conclua o mais brevemente possível o levantamento do embargo contra aquele país.

ROLANDO PUJOL

"Esperamos que as duas partes possam consolidar este ímpeto e, ao mesmo tempo, esperamos que os Estados Unidos acabem completamente com o seu bloqueio a Cuba, o mais breve possível", afirmou a porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, Hua Chunying.

"O melhoramento das relações serve os interesses dos dois países, assim como o interesse regional", acrescentou, negando que a aproximação entre os dois países vá afetar os vínculos do gigante asiático com a América Latina.

A porta-voz chinesa disse ainda que Pequim e Havana continuarão a consolidar a sua amizade e que a sua relação não será afetada por terceiros.

Obama iniciou este domingo uma histórica visita oficial a Cuba, a primeira de um Presidente norte-americano à ilha em quase nove décadas.

O líder norte-americano reunir-se-á hoje com o Presidente cubano, Raúl Castro, e assistirá a um fórum de negócios com empresários e empreendedores de ambos os países.

Lusa

  • Obama em Havana
    2:08

    Mundo

    Momento histórico, hoje, em Cuba. Barack Obama e Raul Castro vão estar reunidos na primeira visita de um Presidente norte-americano à ilha em 88 anos. Obama chegou ontem a Havana onde já afirmou estar no país para criar novos laços políticos e comerciais.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.