sicnot

Perfil

Mundo

Finlândia condena iraquiano por publicar fotografia em que segura cabeça de jihadista

Um migrante iraquiano na Finlândia foi hoje condenado por crime de guerra, depois de ter divulgado, na rede social Facebook, imagens suas com a cabeça de um combatente do Daesh.

Tikrit, Iraque Arquivo/Reuters

Tikrit, Iraque Arquivo/Reuters

© Ahmed Saad / Reuters

Jebbar Salman Ammar, de 29 anos, foi condenado a uma pena suspensa de 16 meses de prisão pelo tribunal distrital de Pirkanmaa.

Para o tribunal, o iraquiano profanou o corpo de um combatente ao colocar três imagens no Facebook em que está a segurar a cabeça do 'jihadista' na cidade iraquiana de Tikrit.

O iraquiano confessou ter publicado as imagens e lutado contra o Daesh, mas negou ter cometido um crime de guerra.

O procurador Juha-Mikko Hamalainen afirmou que a conduta do acusado era definida como "crime de guerra" pelo Tribunal Penal Internacional, e pediu dois anos de prisão.

Jebbar Salman Ammar chegou à Finlândia há cerca de seis meses.

A Finlândia, um país de 5,4 milhões de habitantes, recebeu perto de 32.000 refugiados, sobretudo do Iraque, no ano passado, durante a maior crise de migração na Europa desde a Segunda Guerra Mundial.

Mais de um milhão de migrantes em fuga da guerra na Síria e no Iraque, da Ásia e África chegaram à Europa desde o início do ano passado.

Um caso idêntico, também com um iraquiano, vai ser julgado noutro tribunal finlandês na próxima semana.

  • Hoje é notícia 

    País

    O PSD leva a debate parlamentar a reprogramação do atual quadro comunitário, desafiando os partidos a pronunciarem-se sobre a proposta inicial do Governo, que considera "não servir o país". Os parceiros sociais e o Governo reúnem-se na Concertação Social para discutirem o Programa Nacional de Reformas. O Sporting de Braga procura alcançar o Sporting no 3º lugar da I Liga, ao defrontar o Marítimo na abertura da 31.ª jornada. Estas e outras notícias marcam a atualidade desta sexta-feira.

  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01

    País

    Dezassete anos depois, Lisboa vai ter as primeiras salas de consumo assistido, vulgarmente conhecidas como salas de chuto. O objetivo é apoiar os mais de 1400 toxicodependentes sinalizados e evitar a propagação de doenças.

  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC