sicnot

Perfil

Mundo

Rússia com mais de 19 milhões de pobres em 2015

O número de russos que vivem no limiar da pobreza atingiu cerca de 19,5 milhões de pessoas em 2015, o nível mais elevado dos últimos nove anos, após o poder de compra ter sido afetado pela recessão.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© Mohamed Al-Sayaghi / Reuters

Os dados oficiais do serviço de estatísticas Rosstat hoje publicadas ilustram o duplo efeito da crise -- provocada pela queda do preço do petróleo e das sanções ocidentais decretadas na sequência da crise na Ucrânia -- sobre o nível de vida dos russos, e quando o Presidente Vladimir Putin também alicerçou a sua popularidade nos progressos registados na luta contra a pobreza.

Em média, em 2015, 19,2 milhões de russos (13,4 por cento da população) garantiu rendimentos inferiores ao limite fixado pelo Governo em função de um cabaz de produtos indispensáveis. Em 2014, o número estabilizou em 16,1 milhões (11,2% da população), o que significa um aumento de 20%.

No quarto trimestre, o limite estava fixado em 9.452 rublos (123 euros).

À semelhança dos anos anteriores, o pico é atingido no primeiro trimestre, quando o número de russos considerados pobres atinge 22,9 milhões, 15,9% da população.

No quarto trimestre, e seguindo a tendência sazonal habitual, a taxa reduz-se para 14,5 milhões no limite fixado (10% da população).

Esta tendência explica-se pelo aumento dos preços em 2015 devido à crise monetária, com uma queda do rublo, e pelo embargo alimentar decretado pelo Kremlin à maioria dos produtos alimentares ocidentais e represálias às sanções europeias e norte-americanas no contexto da crise ucraniana.

Lusa

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • CGTP acusa PT de ilegalidades no dia da greve
    0:46

    Economia

    A CGTP pede a intervenção do Governo na PT. Esta quinta-feira, na SIC Notícias, Arménio Carlos acusou a empresa de estar a cometer mais uma ilegalidade, ao ter requisitado trabalhadores para cumprir serviços mínimos uma semana antes do permitido por lei.

  • Altice responde a António Costa
    1:33

    Economia

    A Altice respondeu ao Governo, na sequência das críticas de António Costa, lamentando que Portugal não reconheça a importância dos investimentos que o grupo faz no país. A dona da PT inaugurou esta quinta-feira um novo call center em Vieira do Minho e, na sexta-feira, está marcada uma greve geral dos trabalhadores da PT.

  • Protesto dos enfermeiros é "ilegal"
    2:37
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26

    Aqui há História

    Os baixios da barra do Tejo já foram cemitério de centenas de embarcações. Uma delas foi o Patrão Lopes, o navio de salvamento que saía para o mar quando todos fugiam das tempestades. Foram cinco dias em agonia até naufragar no Bugio, num caso que acabou na barra do tribunal. 80 anos depois, a SIC mergulhou no Patrão Lopes porque "Aqui Há História".

  • Sismo de magnitude 6.9 na Turquia

    Mundo

    Um forte sismo com magnitude 6.9 na escala de Richter fez-se sentir esta quinta-feira a sul da cidade turca de Bodrum. A informação foi avançada pela agência norte-americana de Geologia.