sicnot

Perfil

Mundo

UNICEF quer fazer cadeia humana no Instagram pelas crianças afetadas pelo clima

A UNICEF lança na terça-feira uma campanha na rede social Instagram na qual apela a todos que "deem as mãos" para criar uma enorme cadeia humana de apoio às crianças afetadas pelas alterações climáticas.

Mark Lennihan

A campanha começa no Dia Mundial da Água e prolonga-se até 22 de abril, dia da assinatura do Acordo de Paris sobre as alterações climáticas, informa a UNICEF num comunicado hoje divulgado.

O objetivo, sublinha a agência das Nações Unidas para a infância, é "dar uma voz à UNICEF para alertar para o impacto imediato e injusto das alterações climáticas nas crianças e inspirar a ação".

A UNICEF começa por colocar no Instagram, uma rede social de partilha de fotografias, a imagem de uma criança.

Através dela, será partilhada uma história que lança a problemática das alterações climáticas e a sua ligação à saúde infantil.

Depois, o público em geral é convidado a participar, colocando na rede social uma fotografia de si próprio de braços abertos na horizontal, usando a 'hashtag' #ClimateChain.

Quando colocadas uma ao lado da outra, as fotografias darão a ilusão de que utilizadores de todo o mundo estão a dar as mãos pela causa.

O diretor executivo da UNICEF, Anthony Lake, o presidente da Assembleia-Geral da ONU, Mogens Lykketof, a diretora do UN Climate, Christiana Figueres, e outras figuras públicas vão também juntar-se simbolicamente à ação.

"Como parte da campanha, estamos a dar às pessoas uma forma de comunicarem com os líderes globais, mas também a sensibilizar para a causa das crianças afetadas pelas alterações climáticas", explica a UNICEF.

Lusa

  • Novo dia de protestos contra expropriações na ilha do Farol
    2:30

    País

    A sociedade Polis Ria Formosa concluiu a tomada de posse das construções identificadas como ilegais na ilha do Farol, na Ria Formosa, em Faro. No segundo dia da operação, sob fortes protestos da população, os técnicos da Polis, escoltados pela Polícia Marítima, expropriaram hoje mais 18 construções.

  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Zeca Afonso morreu há 30 anos
    1:11
  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira