sicnot

Perfil

Mundo

UNICEF quer fazer cadeia humana no Instagram pelas crianças afetadas pelo clima

A UNICEF lança na terça-feira uma campanha na rede social Instagram na qual apela a todos que "deem as mãos" para criar uma enorme cadeia humana de apoio às crianças afetadas pelas alterações climáticas.

Mark Lennihan

A campanha começa no Dia Mundial da Água e prolonga-se até 22 de abril, dia da assinatura do Acordo de Paris sobre as alterações climáticas, informa a UNICEF num comunicado hoje divulgado.

O objetivo, sublinha a agência das Nações Unidas para a infância, é "dar uma voz à UNICEF para alertar para o impacto imediato e injusto das alterações climáticas nas crianças e inspirar a ação".

A UNICEF começa por colocar no Instagram, uma rede social de partilha de fotografias, a imagem de uma criança.

Através dela, será partilhada uma história que lança a problemática das alterações climáticas e a sua ligação à saúde infantil.

Depois, o público em geral é convidado a participar, colocando na rede social uma fotografia de si próprio de braços abertos na horizontal, usando a 'hashtag' #ClimateChain.

Quando colocadas uma ao lado da outra, as fotografias darão a ilusão de que utilizadores de todo o mundo estão a dar as mãos pela causa.

O diretor executivo da UNICEF, Anthony Lake, o presidente da Assembleia-Geral da ONU, Mogens Lykketof, a diretora do UN Climate, Christiana Figueres, e outras figuras públicas vão também juntar-se simbolicamente à ação.

"Como parte da campanha, estamos a dar às pessoas uma forma de comunicarem com os líderes globais, mas também a sensibilizar para a causa das crianças afetadas pelas alterações climáticas", explica a UNICEF.

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.