sicnot

Perfil

Mundo

Ataques mortais de hipopótamos preocupam aldeia no norte de Angola

A população de Massau, uma pequena aldeia do município de Milunga, no norte de Angola, está assustada com os sucessivos ataques por hipopótamos, o último dos quais provocou a morte de um homem na segunda-feira.

© David W Cerny / Reuters

De acordo com relatos de hoje da imprensa local, a mais recente vítima destes ataques junto a um dos rios daquela localidade da província do Uíge foi um jovem de 18 anos, surpreendido pelo hipopótamo quando se encontrava a pescar.

Citado pela imprensa local, a administradora do município de Massau, a 300 quilómetros da cidade do Uíge, afirmou que os hipopótamos, que também devoram e destroem as culturas, "ameaçam a população" e a sua subsistência, dependente da agricultura e da pesca.

De acordo com Delfina Henriques, a polícia local tem vindo a apoiar no processo de "juntar" estes animais e "afugentá-los" das proximidades das casas, tendo em conta que estes hipopótamos "ameaçam devorar a população".

Lusa

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14