sicnot

Perfil

Mundo

Barack Obama preocupado com a crise política venezuelana

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, manifestou-se na segunda-feira preocupado com a crise política e económica venezuelana, considerando-a um "interesse" que deve ser partilhado por todos os países do continente americano.

© Ivan Alvarado / Reuters

"Apesar de que não discutimos amplamente sobre a Venezuela, sim abordamos esse tema. Toda a região está interessada nesse país o que responde às aspirações desse povo. Acredito que esse é um interesse que todos devemos partilhar", disse Obama em declarações transmitidas pelas televisões venezuelanas.

Barack Obama falava aos jornalistas em Havana, no âmbito daquela que foi a sua primeira deslocação oficial a Cuba, país onde o Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, realizou na sexta-feira uma visita relâmpago, antecipando a visita do primeiro mandatário norte-americano.

Pouco antes de Barack Obama referir-se à situação em Caracas, o Presidente de Cuba, Raul Castro, manifestou também preocupação pela situação venezuelana, sublinhando que a crise naquele país poderá afetar todo o continente americano.

"Intercambiamos (Raul Castro e Barack Obama), ademais, sobre temas internacionais, em particular aqueles que poderiam afetar a paz e estabilidade regional. Estava especialmente previsto e não houve tempo para concluir, abordar a nossa preocupação pela situação de desestabilização que se tenta fomentar na Venezuela, o que é contraproducente para o ambiente no continente", disse.

A visita de Barack Obama a Cuba é vista com "bons olhos" pela oposição venezuelana, para quem a recomposição das relações bilaterais entre Havana e Washington terá repercussão política, na busca de "um câmbio democrático, constitucional e em paz" para a Venezuela.

Lusa

  • Encontrados destroços do avião que caiu no Irão

    Mundo

    As autoridades iranianas encontraram destroços do avião que caiu no domingo no sudeste do país, matando as 66 pessoas que seguiam a bordo, revelou um porta-voz da Guarda Revolucionária, o exército de elite do regime.

  • 2,6 milhões de bebés morrem antes de completar um mês

    Mundo

    Os recém-nascidos no Paquistão, República Centro-Africana e Afeganistão são os que têm menor probabilidade de sobreviver, de acordo com um relatório da Unicef que revela que todos os anos 2,6 milhões de crianças morrem antes de completar um mês. Sobretudo nos países mais pobres do mundo, o número de mortes de recém-nascidos a nível global mantém-se assustadoramente elevado.

  • Galp regista lucro de 602 M€ em 2017 

    Economia

    A Galp registou um lucro de 602 milhões de euros no ano passado. Uma subida de 25 por cento em relação a 2016. De acordo com a empresa, os resultados devem-se sobretudo ao aumento da produção de petróleo e gás natural no Brasil, bem como o crescimento dos negócios da refinação e distribuição.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC