sicnot

Perfil

Mundo

Governo belga decreta três dias de luto nacional

O governo belga decretou três dias de luto nacional, após os atentados no aeroporto internacional e no metro de Bruxelas que fizeram pelo menos 34 mortos, segundo o último balanço provisório.

© Charles Platiau / Reuters

"Todas as bandeiras nacionais estarão a meia haste em todos os edifícios oficiais do país até quinta-feira", indicou, em declarações à agência noticiosa France Press, um porta-voz do primeiro-ministro belga Charles Michel, Frédéric Cauderlier.

Pelo menos 34 pessoas morreram e perto de duas centenas ficaram feridas nas três explosões registadas hoje em Bruxelas, duas no aeroporto internacional de Zaventem e uma na estação de metro de Maelbeek, junto às instituições europeias, no centro da capital belga.

O nível de alerta terrorista na Bélgica foi elevado para quatro, o máximo da escala.

Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".

  • O regresso a casa depois do incêndio no Sardoal
    2:43
  • Cerca de 20 mil portugueses vivem em Barcelona
    1:44