sicnot

Perfil

Mundo

Morreu o antigo presidente da Câmara de Toronto Rob Ford

O polémico antigo presidente da Câmara Municipal de Toronto Rob Ford morreu hoje, após uma batalha de 18 meses contra o cancro, anunciou hoje a imprensa canadiana.

© Mark Blinch / Reuters

Rob Ford, de 46 anos, foi o mais famoso 'Mayor' de Toronto (2010-2014),

Em 2014 foi-lhe diagnosticado um cancro raro agressivo, o que levou o autarca a desistir da recandidatura a presidente da câmara, optando por candidatar-se pelo seu distrito eleitoral como vereador.

Em maio de 2015, foi alvo de uma intervenção cirúrgica no hospital de Mount Sinai, considerada uma última hipótese de sobreviver a um lipossarcoma, uma forma rara de cancro (no abdómen).

Ford, vereador do Bairro 2 (Etobicoke North), desde dezembro de 2014, ficou famoso mundialmente após estar envolvido em diversos escândalos relacionados com o consumo de álcool e de 'crack'.

A família de Ford num breve comunicado mencionou hoje Rob Ford como um "homem dedicado para as pessoas, com quem passou a vida a servir os cidadãos de Toronto".

O seu sucessor, John Tory, descreveu o antigo presidente da câmara como uma pessoa "profundamente humana", acrescentando que a "ausência de Ford na Assembleia-Municipal" será sentida.

No Parlamento Provincial, no período de perguntas e respostas, a primeira-ministra do Ontário, Kathleen Wynne, emocionada, apresentou as suas "sentidas condolências" e o primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, na sua mensagem destacou a "coragem e determinação" de Ford na luta contra o cancro.

Também a comunidade luso-canadiana expressou o pesar à família de Rob Rod através das redes sociais. O ministro das Finanças do Ontário, Charles Sousa, agradeceu o "serviço público prestado", a deputada provincial Cristina Martins apresentou as condolências à família do falecido, especialmente à mulher e filhos, enquanto a vereadora Ana Bailão, manifestou-se "triste pelo falecimento de um colega", expressando os seus "sentimentos".

Rob Ford, casado, pai de duas crianças, completaria 47 anos no próximo dia 28 de maio.

Lusa

  • A menina síria que relata a guerra no Twitter está bem, diz o pai

    Mundo

    Bana Alabed, a menina síria de 7 anos que conta no Twitter a luta pela sobrevivência e os horrores da guerra em Alepo, teve de abandonar a sua casa que foi bombardeada mas está bem, disse hoje o seu pai à Agência France Press. A conta esteve fechada domingo, mas foi entretanto reativada e tem hoje uma nova publicação de Bana.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.