sicnot

Perfil

Mundo

Nobel da Paz Suu Kyi será a chefe da diplomacia de Myanmar

A prémio Nobel da Paz Aung San Suu Kyi será a futura ministra dos Negócios Estrangeiros de Myanmar (antiga Birmânia), anunciou hoje o porta-voz da Liga Nacional para a Democracia, vencedora das eleições de novembro de 2015.

© Soe Zeya Tun / Reuters

"Vai ser ministra dos Negócios Estrangeiros. Se quiser partilhar os deveres noutros ministérios com pessoal qualificado pode fazê-lo", afirmou Zaw Myint Maung, porta-voz do partido.

Impossibilitada de assegurar a presidência do país devido a alíneas da Constituição herdada do anterior regime militar ditatorial, Suu Kyi terá, porém, um cargo formal no Governo de Myanmar.

Suu Kyi, conhecida como "A Dama de Rangum", é a única mulher dos seis membros da Liga que consta na lista apresentada hoje de manhã ao presidente do Parlamento.

A lista de nomes não especifica que ministérios irão ocupar.

O anúncio vem pôr fim ao rumor que circulava no país há vários dias, que indicava que a antiga dissidente, hoje com 70 anos - viveu os últimos 15 sob residência vigiada -, seria chefe da diplomacia do país.

Com a Liga já maioritária no Parlamento, Suu Kyi vai ajudar a governar um país que herda um executivo liderado por militares.

O Governo, que deverá entrar em funções até ao final deste mês ou em princípios de abril, não terá primeiro-ministro, contando apenas com um Presidente que será "um fiel entre os fiéis" de Suu Kyi.

Lusa

  • As primeiras reações à morte de Chester Bennington

    Cultura

    Chester Bennington, vocalista da banda de metal alternativo Linkin Park, morreu esta quinta-feira em casa em Palos Verdes Estates, no estado da Califórnia, nos EUA. Várias celebridades já reagiram à morte do músico de 41 anos. Segundo o TMZ, o cantor da banda norte-americana suicidou-se.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional

    Mundo

    A antiga estrela de futebol americano O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional, depois de ter cumprido nove anos de prisão num estabelecimento prisional do estado do Nevada, nos Estados Unidos.

  • Filho do leão Cecil também foi abatido por um caçador

    Mundo

    Xanda pode ter tido o mesmo fim que o seu pai, o leão Cecil, que em 2015 foi abatido por um caçador, no Zimbabué. Na altura, a morte de Cecil tomou proporções inéditas, chegando uma imagem do leão a ser projetada na fachada do Empire State Building. Agora, Xanda terá sido abatido a tiro por um caçador de troféus.